55% dos alunos da rede estadual que fizeram Enem entraram em universidades públicas

55% dos alunos da rede estadual que fizeram Enem entraram em universidades públicas

 

Mais de 50% dos alunos da rede educação que concluíram o Ensino Médio em meio à pandemia foram aprovados em universidades públicas de todo o país e matriculados em 41 cursos diferentes. Os dados são de um mapeamento on line feito pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), ainda não concluído.

 

Direito, letras, pedagogia, administração, engenharia civil, medicina veterinária, agronomia, arquitetura e urbanismo foram os cursos mais procurados.

 

Conforme a coordenadora de Ensino Médio da Seduc, Giseli Maciano, 279 estudantes responderam ao formulário online “Mapeamento dos estudantes concluintes do Ensino Médio 2020 – Enem – 2020”. Desse total, 191 informaram que fizeram o Enem em 2020, sendo que 105 conseguiram notas suficientes para se matricularem numa instituição de ensino superior pública, num total de 55% de aprovados.

 

Entre os novos alunos de universidades públicas, 31 informaram que participaram do Pré-Enem Digital.

 

Os estudantes aprovados são de 27 municípios e 31 escolas diferentes. Entre as campeãs de aprovação estão a Escola Estadual Milton Armando Pompeu de Barros, em Colíder (15 aprovações), EE Alexandre Leite em Ribeirãozinho e EE Deputado Bertoldo Freire, em São José dos Quatro Marcos, com 9 aprovados cada.

 

O diretor da EE Milton Pompeu, Fabiano Joaquim da Costa, destaca que o número alto de alunos aprovados é fruto de um trabalho intenso de todos os profissionais da escola, principalmente, dos professores.

 

“O nosso foco principal é a aprendizagem dos nossos estudantes. O sucesso dos nossos estudantes com certeza é o nosso maior combustível e é o que nos motiva em continuar desenvolvendo um trabalho competente”, ressalta.

 

O diretor lembra que a escola procura fazer um bom planejamento das ações pedagógicas.

 

A EE Antônio Ferreira Sobrinho de Jaciara teve 8 contemplados seguida das EEs Cândido Portinari, de Tapurah, e José Leite de Moraes, Várzea Grande, com cinco alunos cada.

 

Planejamento

 

“São dados apenas das escolas que responderam ao formulário eletrônico, já que a aprovação geral no estado é superior ao que apresentamos. As aprovações são reflexo do trabalho pedagógico desenvolvido pelas unidades escolares”, comemora a coordenadora.

 

A coordenadora de Ensino Médio da Seduc destaca que, com o objetivo de incentivar a participação e dedicação dos estudantes concluintes do Ensino Médio no Enem, foi disponibilizado às escolas um link para mapear as aprovações dos estudantes.

 

Gisele Maciano lembra que é preciso ter uma pesquisa ampla para saber a quantidade real de aprovados em todo o estado. A coordenadora está disponibilizando o link do formulário online para que seja preenchido pelo maior número possível de alunos da rede estadual.

 

“Contamos mais uma vez com a colaboração de todos os gestores, professores e comunidade em geral, para a divulgação do link dessa pesquisa junto aos estudantes concluintes do Ensino Médio em 2020. Com isso será possível planejarmos novas ações diante de um número real de aprovados”, assinala.

 

 

 

 Fonte: Portal Sorriso