Botelho afirma que não há motivos para tirar Dilmar da liderança: “acredito piamente na inocência”

Botelho afirma que não há motivos para tirar Dilmar da liderança: “acredito piamente na inocência”

Primeiro-secretário da Assembleia Legislativa (ALMT), o deputado Eduardo Botelho (DEM) saiu em defesa do colega Dilmar Dal Bosco e garantiu que não há motivos para que o correligionário deixe a liderança do governo estadual no Legislativo.

Dilmar e mais 12 pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público Estadual, em ação proveniente da Operação Rota Final, que apura  crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e fraude a licitação do setor de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros de Mato Grosso (STCRIP-MT), promovida pela Secretaria Estadual de Infraestrutura e  Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (AGER-MT).

Acredito piamente na inocência do deputado Dilmar. Não vejo motivo para tirá-lo da liderança

“O Ministério Público tem investigado tudo e o político é o mais investigado. Qualquer denúncia o MP investiga e não está errado, é uma das funções. O homem público passa por tudo isso, agora ele vai ter a oportunidade de provar sua inocência. Acredito piamente na inocência do deputado Dilmar. Não vejo motivo para tirá-lo da liderança”, afirmou, nesta segunda-feira (24).

Ainda de acordo com Botelho, todos os deputados da base tem defendido a continuidade do de Dilmar na função. Na semana passada, o governador Mauro Mendes (DEM) se manifestou sobre o caso e ressaltou que não trocaria sua liderança na Assembleia só pelo fato de o deputado ser investigado.

Reforçando a defesa de Dilmar, Botelho afirma que o líder é um “gigante” na Assembleia. “Não vejo ninguém melhor do que ele para ser líder na Assembleia”.

 

 

Fonte: Olhar Direto