Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Chacina termina com cinco mortos em MT; local havia droga


03
Esta postagem foi publicada em 20 de fevereiro de 2020 Destaque 1, Notícias.

Cinco homens foram mortos a tiros em uma chacina que aconteceu na noite desta quarta-feira (19) no bairro Cohab Por do Sol, no município de Nobres (123 km de Cuiabá). As vítimas foram identificadas como Daniel dos Santos Costa, 24, Cláudio Rogério Pinto do Nascimento, 19, Jovanilson Pereira da Costa, 17, Weliton da Silva, 23, e Thiago dos Santos Siqueira, 20.

De acordo com o registro policial, os militares foram acionados para atender uma ocorrência de homicídio registrada na cidade.

Ao entrarem no quintal da residência, os PMs identificaram três homens caídos no chão. Um deles ainda apresentava sinal de vida. Dentro da casa, havia mais duas vítimas que também aparentavam estarem vivas. Elas estavas em quartos diferentes. Todos os homens foram atingidos por diversos disparos de arma de fogo, sendo alguns deles na cabeça.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas, antes mesmo de levar as vítimas, foi constatado que três delas morreram no local. Os outros dois foram encaminhados a uma unidade hospitalar. Porém, pouco depois, não resistiram e também morreram.

Membros da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) estiveram na cena do crime e coletaram provas que ajudarão na investigação. Na casa, foram encontradas diversas cápsulas de pistola calibre 380.

Ao que tudo indica, as vítimas faziam uso de entorpecentes antes do assassinato. Vestígios de maconha foram encontrados no local.

Os corpos deverão ser encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) para realização dos exames de necropsia e, posteriormente, serão entregues para o sepultamento.

Ainda não se sabe quem e por quais motivos os cinco jovens foram mortos, já que na cena do crime e região nenhuma testemunha foi achada. O caso passa a ser investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) por meio da Polícia Civil.

 

Fonte: Folha Max


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-