Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook

Com 12 hospitais em colapso, MT tem 21 das 23 unidades hospitalares com ocupação de UTI’s Covid-19 acima de 90%


03
Esta postagem foi publicada em 2 de junho de 2021 Destaque Slide Topo, Notícias.

Dos 23 hospitais que oferecem leitos de Unidades de Terapia Intensiva para pacientes com  Covid-19 através do Sistema Único de Saúde em Mato Grosso, 21 estão com a taxa de ocupação acima de 90%. Destes, 12 já entraram em colapso, com 100% de ocupação dos leitos. Os dados constam do painel sobre o panorama da pandemia no estado, disponibilizado pela Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso (SES-MT), que foram consultados pelo Olhar Direto na manhã desta terça-feira (1º).

 

No total, atualmente, o estado conta com 23 hospitais, entre municipais, regionais e estaduais, para atender pacientes adultos que necessitam de tratamento para a Covid-19. Esta rede conta com 585 leitos de UTI’s, dos quais 496 estão ocupados, 36 bloqueados e 27 na retaguarda, o que configura uma taxa de ocupação de 95,02% de UTI’s adultas, conforme informou a SES-MT.

 

De acordo com o painel da secretaria, entraram em colapso, com taxa de ocupação dos leitos de UTI de 100%, o Hospital e Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande (Várzea Grande); Hospital e Pronto Socorro Municipal Milton Pessoa Morbeck (Barra do Garças); Hospital Municipal Coração de Jesus (Campo Verde); Hospital Municipal de Juína Dr. Hideo Sakuno (Juína); Hospital Municipal de Querência (Querência); Hospital Regional de Agua Boa (Agua Boa); Hospital Regional de Sorriso (Sorriso); Hospital Regional Dr. Antônio Fontes (Cáceres); Hospital São Lucas do Rio Verde (Lucas do Rio Verde); Hospital Universitário Júlio Muller (Cuiabá); Hospital Vale do Guaporé (Pontes e Lacerda); e Santa Casa de Rondonópolis (Rondonópolis).

 

Além destes 12, outros 11 hospitais do estado estão com a taxa de ocupação acima de 90%. Sendo eles: Metropolitano Hospital Estadual Lousite Ferreira da Silva, em Várzea Grande (98,70%); Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (96,88%); Hospital Regional Irmã Elza Giovanella, em Rondonópolis (96,67%); Hospital Regional de Sinop (96,55%); Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá (94,59%); Hospital Regional HIlda Strenger Ribeiro (94,29%); Hospital Municipal São Benedito de Cuiabá (90,57%); Hospital e Maternidade São Lucas, em Várzea Grande (90%); e Hospital Regional de Peixoto de Azevedo (90%). 

 

Números da pandemia

 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (31), 407.508 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 10.946 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Homem de 29 anos e mais 42 pessoas são as vítimas das últimas 24 horas. A taxa de ocupação está em 95,02% para UTIs.

 

Foram notificadas 1.568 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 407.508 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.026 estão em isolamento domiciliar e 382.806 estão recuperados.

 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 496 internações em UTIs públicas e 385 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 95,02% para UTIs adulto e em 44% para enfermarias adulto.

 

 

 

Fonte: Olhar Direto


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Politica de Privacidade!

-