Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Com Alcolumbre barrado pelo STF, Jayme surge como possível candidato à presidência do Senado


Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. Ordem do dia.

Mesa:
vice-presidente do Senado Federal, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG);
senador Jayme Campos (DEM-MT);  
presidente do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Foto: Beto Barata/Agência Senado
Esta postagem foi publicada em 11 de dezembro de 2020 Notícias, Política.

Após o Supremo Tribunal Federal (STF) barrar o plano de reeleição de Davi Alcolumbre (DEM-AP) como presidente do Senado, o nome do senador de Mato Grosso Jayme Campos (DEM) foi citado como um dos viáveis para disputar o comando da Casa.

Atualmente, Jayme é presidente da Comissão de Ética do Senado e tem bom relacionamento com todos os colegas.

Além do senador mato-grossenses, outros cinco nomes também são citados para disputar a presidência: Eduardo Braga (MDB-AM), líder da bancada, Eduardo Gomes (MDB-TO), líder do Governo Congresso, Fernando Bezerra (MDB-PE), líder do Governo no Senado, Antônio Anastasia (PSD-MG) e Rodrigo Pacheco (DEM-GO).

No entanto, líderes dos partidos de centro ainda avaliam a indicação de Jayme porque o MDB tem preferência na briga por ter a maior bancada, com 13 senadores.

A decisão deve ser tomada após os líderes de partido se reunirem com Davi Alcolumbre nos próximos dias.

 

 

 

 

 

Fonte: Mato Grosso Mais


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-