Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Conta de luz pode ficar mais barata após criação de nova tecnologia para pagamento


11
Esta postagem foi publicada em 24 de agosto de 2020 Notícias, Política.

Na última quinta-feira (20), O Banco Central e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) assinaram uma parceria para permitir que o sistema de pagamentos Pix seja utilizado para pagar as contas de luz. A expectativa da Aneel é de que o acordo reduza a tarifa da conta de luz.

De acordo com o diretor-geral da Aneel, André Pepitone, o custo operacional das distribuidoras de energia irá reduzir com o PIX.

Atualmente as fornecedoras precisam contratar instituições bancárias para possibilitar o pagamento dos boletos pelos clientes.

“O Pix implica em redução de custo operacional e com certeza essa redução de custo operacional vai ser capturada, compartilhada com o consumidor, trazendo reflexo positivo nas tarifas”, afirmou Pepitone.

Já o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, destacou o efeito do Pix na eficiência das distribuidoras elétricas e também em outros setores que adotarem o meio de pagamento.

“Vale lembrar que o instrumento de meio de pagamento instantâneo reduz o custo operacional das empresas de uma forma geral porque você tem uma diminuição de custo tanto de tempo, quanto o custo operacional”, disse.

Pepitone confirmou que o sistema de pagamentos permitirá um religamento mais rápido em caso de corte por falta de pagamento.

Isso ocorre porque os pagamentos vão cair de forma instantânea no sistema da fornecedora de energia.

“Nós podemos listar outros benefícios do Pix, como a regularização mais rápida do inadimplemento dos consumidor, uma vez que o pagamento da fatura em atraso cai imediatamente na conta da distribuidora, não sendo necessário esperar 24 horas ou 48 horas para o processamento bancário, evitando então a manutenção do desligamento indevido e proporcionamento uma religação mais célere”, completou Pepitone.

O que é o PIX?

 

O PIX é um sistema de pagamentos criado e gerido pelo Banco Central. A sua principal vantagem é a rapidez e a praticidade para realizar transferências bancária. Afinal, o PIX irá funcionar 24 horas por dia, sete dias na semana.

Algumas instituições financeiras irão disponibilizar as funções do PIX dentro do próprio aplicativo.

O lançamento oficial do PIX, no entanto, está previsto para novembro deste ano segundo o Banco Central.

 

 

 

 

Fonte: Terra Notícias


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-