Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook

Da série políticos e politiqueiros.


0f63490e-18cd-4751-b6e0-aff7620460cf
Esta postagem foi publicada em 22 de junho de 2021 Blog do Bruno, Destaque Slide Topo, Notícias.

Ontem segunda-feira (21) estive na sessão ordinária que foi realizada na Câmara Municipal de Matupá, e fiquei bem impressionado com o posicionamento do vereador Silvano Ramos (Líder do prefeito cassado Fernando Zafonato)

Com uma fala eloquente e apaixonada com pitadas de nervosismo, o vereador fez cobranças ao prefeito em exercício Marcos Icassatti, que está à frente do executivo a quase 30 dias, fez diversos apontamentos cobrando melhorias.

Até aí tudo bem, é sabido por todos que o papel do vereador é de fiscalizar, cobrar e acima de tudo defender os interesses da sociedade.

Mas o que causa um certo espanto é, que o vereador Silvano, estava até o momento dormindo em berço esplêndido, uma vez que enquanto líder do prefeito cassado, o mesmo só rasgava elogios a administração e só pontuava o que iria ser feito logo em seguida a exemplo dos estacionamentos que foram feitos.

Tantas obras que estavam em andamento foram paralisadas e em nenhum momento o vereador se posicionou. Quando o seu prefeito por exemplo paralisou a obra de Iluminação e do Ginásio de Esportes da Comunidade Flor da Serra, dentre outras que iriam gerar qualidade de vida aos munícipes.

Ora vereador quer dizer que dependendo de quem está lá o senhor faz cobranças é isso?

Por que em pouco mais de 04 meses, a única função do ex-líder era fazer fotos e vídeos expondo os verdadeiros trabalhadores em seus locais de serviço, dizendo estar fiscalizando. Quando na verdade estavam paralisando obras e ele com os olhos tapados.

Agora nesses quase 30 dias do prefeito em exercício aparece ele, com falas eloquentes, cobrando caminhão para molhar as ruas da cidade, por que não pode molhar o canteiro na BR 163 que o DNIT tem que providenciar caminhão.

Queria saber vereador onde o senhor estava, quando no mandato do seu prefeito cassado, havia caminhão da prefeitura molhando gramas que foram plantadas fora de época, nos canteiros da lateral da BR 163 que também é obrigação do DNIT segundo Lei 13913/2019, o limite mínimo de 15 a 60 metros de cada lado.

Ou o senhor está legislando em causa própria nobre, que só tira a venda dos olhos quando lhe convém?

Vereador não deve ter lado político, o papel do vereador é defender o povo não importa quem esteja à frente do Paço Municipal, quem o elegeu foi o voto da sociedade e não o prefeito cassado.

O senhor vereador já custou nestes quase 06 meses aos cofres públicos o montante de R$ 31.760.00 (trinta e um mil setecentos e sessenta reais) entre salário, verba indenizatória e diárias.

Por tanto vereador a população precisa que o senhor independente de quem esteja no poder, busque os anseios da população, e não legisle apenas quando lhe convém.

 

Fonte: Cebola Brava/Bruno Oliveira


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Politica de Privacidade!

-