Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook

Dal Molin pede celeridade em tramitação de PL que prevê distribuição de medicamentos contra covid


dalmolin
Esta postagem foi publicada em 14 de setembro de 2021 Destaque 1, Notícias.

O deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC) usou a tribuna na sessão de quinta-feira (9) para pedir celeridade na tramitação do Projeto de Lei 329/2021 que prevê a disponibilização de medicamentos para o tratamento precoce de pacientes infectados pela covid-19.

 Pela proposta apresentada em maio deste ano, a distribuição deve ser feita em parceria com os 141 municípios do estado mediante protocolo emitido e lavrado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). O projeto de lei também prevê a disponibilização em quantitativo suficiente de kits de testes rápidos para a detecção do vírus.

 Ao defender a vacinação como a forma mais eficaz para evitar a propagação da doença, Dal Molin citou dados de pesquisas desenvolvidas por diferentes países e que, segundo ele, apontam a eficiência de intervenções medicamentosas capazes de conter ou, ainda, minimizar os sintomas da síndrome respiratória grave (SARS-CoV-2).

“Temos registros de pessoas imunizadas com as duas doses da vacina, e que mesmo assim foram parar na UTI após serem reinfectadas pelas variantes da covid”, disse ao conclamar o apoio de membros da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Sem citar nomes, Dal Molin revelou que ao menos cinco medicamentos já teriam sido liberados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão vinculado ao Ministério da Saúde, para o tratamento de pacientes diagnosticados com o coronavírus.

“O que estamos propondo é que o estado atenda a solicitação de secretários de saúde, prefeitos e vereadores e forneça, além de vacinas e equipamentos de proteção individual aos profissionais da saúde, os medicamentos prescritos pelos médicos que fazem o atendimento ‘lá na ponta’. Ou seja, aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS)”, afirma.

“Já fiz esse mesmo pedido inúmeras vezes e continuarei insistindo. Não podemos ficar inertes assistindo o aumento de casos de covid e, por consequência, o de número de mortes. Precisamos entender que; tão importante quanto a prevenção é o correto tratamento dos pacientes infectados pela doença”, conclui Xuxu Dal Molin.

 Notificações – Nas últimas 24 horas, A Secretaria de Estado de Saúde notificou 87 novos casos de coronavírus. Ao todo 4.958 pacientes estão em isolamento domiciliar e outros 180 seguem internados em UTIs da rede pública de saúde. Os dados são referentes ao boletim epidemiológico divulgado neste domingo (12).

Entre os municípios com maior número de pessoas infectadas estão: Cuiabá, Rondonópolis, Várzea Grande, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra, Lucas do Rio Verde e Primavera do Leste. 

 

 

 

Fonte: Assessoria


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Politica de Privacidade!

-