Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Deputado diz que Confaz está sacaneando Mendes e toda população


02
Esta postagem foi publicada em 12 de maio de 2021 Destaque 1, Notícias.

Faissal Calil (PV) debochou de governador sobre cobrança da energia solar

 

Após o governador Mauro Mendes (DEM) afirmar que só irá suspender o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) da energia solar caso o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) autorize, o deputado estadual Faissal Calil (PV) declarou que o órgão tem “sacaneado” o chefe do Estado e toda a população mato-grossense.

 

Em um vídeo publicado, o parlamentar mostrou que Mato Grosso é o único estado do Centro-Oeste em que o Sol é taxado. Além disso, Faissal destacou que até nosso vizinho, Mato Grosso do Sul, não cobra pela implementação e utilização da energia solar fotovoltaica.

 

O deputado também “debochou” da fala de Mauro, onde o governador diz precisar da autorização do Confaz para suspender a taxação, já que não há ilegalidade na cobrança. “Eu não sabia que o Confaz estava governando o Estado de Mato Grosso agora… Estou falando baixinho, porque vai que o governador descobre que o Confaz está sacaneando ele e toda população mato-grossense”, brincou.

 

Calil tem protagonizado a campanha “Aumento é roubo! Não à taxação do Sol”. O parlamentar defende que a energia solar não seja mais tributada e que seja desburocratizada, para facilitar o investimento dos cidadãos e empresários no modelo sustentável.

 

Nas últimas semanas, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) aprovou em primeira votação a revogação da cobrança do ICMS sobre a energia solar no estado. A cobrança acontece desde março e tem gerado uma arrecadação de R$ 3 milhões ao Poder Executivo.

 

Caso o PL seja aprovado em segunda votação, a medida irá se tornar Lei e ficará definitivamente proibida a taxação e cobrança de impostos sob energia solar fotovoltaica em todo estado.

 

 

Fonte: Muvuca Popular


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-