Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook

Diesel é o novo terror nas despesas; litro pode custar até R$ 0,15 a mais em MT


650691630582251
Esta postagem foi publicada em 2 de setembro de 2021 Destaque 1, Notícias.

Na sequência da gasolina, etanol, energia e gás, agora o aumento da vez é do diesel. O litro pode chegar a custar R$ 0,15 a mais na bomba em Mato Grosso.

De acordo com o Sindipetróleo, com o aumento da mistura de biodiesel no diesel, que sobe de 10% para 12% neste mês de setembro, o preço do óleo diesel sofre mais uma pressão. O impacto é mais um susto para o consumidor e ao revendedor que precisa dispor mais capital de giro para compra do produto junto às distribuidoras.

Para setembro e outubro, o litro do biodiesel está sendo entregue no mercado a R$ 5,658, o litro. Em julho e agosto foi entregue a R$ 5,485, o litro. Ou seja, ocorreu aumento no litro e na mistura. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Os valores citados não consideram a margem das distribuidoras, que adquirem o produto e são as responsáveis pela mistura. O óleo vegetal tem peso importante no preço do produto ao consumidor. Só depois da combinação é que o óleo diesel, já misturado, chega aos postos.

A esse valor, o litro de biodiesel nas usinas está custando quase três vezes mais do que o diesel de petróleo vendido pelas refinarias da Petrobras, onde o produto é comercializado a R$ 2,80. Numa comparação rápida, o óleo vegetal custa mais que o litro de diesel nas bombas, isso já contabilizando impostos e margens de lucro de postos e distribuidoras.

Para o setor de combustíveis, os novos preços podem representar um impacto de R$ 0,07, mas há distribuidoras repassando aumentos de R$ 0,15 aos postos, conforme relatos de revendedores mato-grossenses.

 

 

 

Fonte: RepórterMT


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Politica de Privacidade!

-