Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Dupla é presa com maconha e confessa golpes paraticados pela internet


03
Esta postagem foi publicada em 9 de abril de 2019 Destaque 1, Notícias.

Policiais Militares prenderam na tarde desta segunda-feira (08) no Residencial São Benedito em Várzea Grande Luciano Barbosa Sales, 28 anos, e Bruno Figueiredo Monteiro, 27 anos, acusados de tráfico ilícito de drogas e da prática de estelionato.

Conforme consta no boletim de ocorrência os militares em rondas de rotina pelo Residencial São Benedito foram informados por populares que dois indivíduos estariam circulando pelo bairro com um veículo Toyota Etios de cor cinza com indícios de ser clonado.

Diante das informações os policiais militares se deslocaram até o endereço informado pelos populares e ao se aproximarem do local foi observado que os suspeitos estavam sentados reunidos, porém os mesmos ao perceberem a presença dos militares jogaram um objeto por cima do muro.

Feita a abordagem policial foi constatado que o suspeito Luciano fazia uso de tornezeleira eletrônica e com Bruno foi encontrado 02 porções de substância análoga a maconha.

Realizada a varredura no local onde os suspeitos jogaram o objeto foi localizado 01 pedaço médio da mesma substância.

Na busca realizada na residência foram encontradas 21 porções de maconha escondidas dentro de uma churrasqueira e também 02 cadernos com diversas anotações.

Questionados sobre as anotações os suspeitos que seriam referentes a golpes conhecido como “estorno” aplicados pelos mesmos pela internet e sobre a procedência da droga Luciano disse que seria para seu próprio consumo.

Os suspeitos acabaram por mostrar aos militares como funcionava todo o esquema dos golpes praticados. Conforme o relato dos suspeitos os mesmos se faziam passar por profissionais de grande notoriedade como advogados e juristas e dessa forma entram em sites de compra e vendas onde fazem promessa de compra e com isso acabam por ter acesso dos objetos de seus interesses.

Com os dados dos objetos os mesmo em um perfil falso no face book passam a oferecer esses produtos com um valos abaixo do mercado e acabam ludibriando as vítimas que depositam o dinheiro, porém não recebem o produto adquirido.

SEM LEGENDALuciano confessou que o suspeito Bruno seria seu comparsa nos golpes e relatou ainda que teria ligação direta com outros presidiários que participam dos golpes.

Sobre o veículo Etios o suspeito Luciano confessou que adquiriu o veículo para fazer a lavagem do dinheiro de um dos golpes realizados por ele.

Diane dos fatos dos suspeitos foram conduzido a Central de Flagrantes para a confecção do boletim de ocorrência e demais providências cabíveis.

 

 

Fonte: MT é Notícia

 


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-

anigif2