Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook

Ex Prefeito aparece como favorito a uma vaga na AL MT


66EF67A0-55D5-4150-BDB6-CCBB36A83429
Esta postagem foi publicada em 21 de outubro de 2021 Destaque Slide Topo, Notícias.

Valdenir José dos Santos poderá ser primeiro ex-prefeito do Médio Norte a se tornar deputado estadual

Com uma história que começou na década de1980, Valdenir José dos Santos, do Movimento Democrático Brasileiro (MDB),poderá se tornar o primeiro ex-prefeito de Nova Ubiratã, na região Médio Norte do Estado a ocupar uma das cadeiras de deputado estadual na Assembleia Legislativa.

18867

Nascido no Paraná, Valdenir dos Santos chegou ao Mato Grosso, aos 8 anos de idade, buscando melhor condição de vida e sempre com o objetivo de estudar, trabalhou em várias áreas, tendo sido frentista, motoboy etrabalhado na construção civil, para atingir suas metas.

“Estudar sempre foi prioridade nos primeiros anos de minha vida. Busquei um campo de estudo a qual já estava familiarizado e que sabia ser promissor na cidade que me acolheu. Foi muita luta para conseguir o diploma, mas esse era o objetivo, era um sonho que se realizava”, afirmou.

Formou-se em Agronomia, em 1998, pela Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia, da Universidade Federal de Mato Grosso (FAMEV/UFMT),incluindo um mestrado, sempre almejou ajudar a comunidade em que se inseriu. Vindo de uma família de luta no trabalho do campo, o ex-prefeito escolheu ser agrônomo por acreditar na produção agrícola como sendo uma das atividades mais importantes do país e que, assim, poderia ajudar os muitos produtores que alimentam as famílias do Brasil.

427

m sua trajetória profissional, podemos citar os anos em que foi professor universitário,começava a trilhar seu caminho com o propósito de auxiliar os produtores de Nova Ubiratã e o município como um todo. Sempre atento as causas e as mudanças sociais, decidiu ingressar na política como proposta de colaborar ainda mais com a comunidade, através de tudo que aprendeu ao longo de sua jornada de estudante e professor.

“Como professor, percebi que o trabalho em conjunto é o melhor caminho para alcançar a mudança. Ensinei tudo que havia estudado aos meus alunos, também aprendi muito com eles. Nesse ambiente, pude perceber a importância que a Sociedade emprega no desenvolvimento humano. Aí, eu trouxe esse aprendizado para a vida pública”, enfatiza.

Voltado para a produção rural, foi Secretário de Agricultura de Nova Ubiratã, cargo que ocupou de 2006 a 2010. Na cidade, é facilmente comprovado o avanço ocorrido nesse período em que esteve à frente da pasta. Através de todo o conhecimento adquirido durante seus estudos, o ex-prefeito trouxe para a comunidade rural novas metas e inovações, que favorece o crescimento do setor.

mwnpolckqzpyxc3vqnsixe0eta3kubjfwdgpnbhkk2jo3ojy

“Durante o período em que fui secretário de Agricultura, pude ver de perto as dificuldades do homem do campo. Com todo conhecimento que adquiri, ao longo de minha jornada, trabalhei para ajudar os produtores, incentivando na busca por mais tecnologia e que iria agregar maior valor aos produtos e aumentar a produção como um todo”, destacou.  

Seus esforços deram frutos e seu período como secretário de Agricultura, se destacou como o que ocorreu mudanças essenciais para o fortalecimento agrícola do município. Valdenir dos Santos foi de grande importância para trilhar novos caminhos para o agronegócio na cidade, sendo respeitado e admirado por muitos que tiveram a oportunidade de fazer parte de seu projeto inovador.  

Sempre esteve próximo dos produtores, como resposta ao bom trabalho desempenhado, Valdenir dos Santos foi eleito prefeito de Nova Ubiratã, esse era o reconhecimento de seu empenho nas conquistas realizadas no setor agrícola. Foi prefeito por dois mandatos, em seus governos, Nova Ubiratã teve crescimento considerável em todos os setores. A cidade ganhou seu espaço na região, competindo com igualdade com os municípios do eixo da BR-163.

“Quando fui eleito, percebi que os desafios eram ainda maiores. Agora estava à frente da administração de toda a cidade, confesso que me assustei no início, mas busquei em meu passado de luta, toda força necessária para fazer um bom governo e proporcionar melhor qualidade de vida para todos os moradores de Nova Ubiratã”, afirmou.  

Entre 2013 e 2020, Valdenir continuou trabalhando bravamente para que a cidade ganhasse notoriedade e passasse a concorrer em pé de igualdade com os demais municípios do Médio Norte. Nova Ubiratã teve avanço considerável nesse período, atingindo metas e objetivos que antes pareciam inatingíveis. Com pensamento no futuro, soube traçar os rumos para o sucesso. Com planejamento e uma meta a ser cumprida, o progresso no município nunca foi tão intenso quanto nos governos daquele período, até hoje, lembrando por muitos, como um dos melhores administradores do município.

Paralelo a administração municipaltambém foi presidente dos consórcios regionais de Desenvolvimento (CIDESA) e de Saúde, exercendo o cargo durante dois anos, respectivamente. Com isso, Nova Ubiratã ganhou projeção estadual e Valdenir pode trabalhar por toda a região com a criação de vários projetos, sempre voltado para atingir metas bem projetadas e definidas com muito estudo.

“Quando fui presidente dos consórcios de Desenvolvimento e de Saúde, tive uma noção ainda maior das dificuldades enfrentadas em minha região. Percebi que ainda é preciso fazer muito pela população e ganhei experiência regional para definir prioridades. Trabalhei incansavelmente para desenvolver minha região e para a saúde dos moradores de todas as cidades do Médio Norte”, enfatiza.

São muitos os destaques que podem ser feitosna trajetória política de Valdenir. Alguns merecem atenção por ter proporcionado o avanço de Nova Ubiratã, trazendo a cidade para o progresso, há muito tempo almejado pelos moradores e, sobretudo, na área de produção agrícola, fazendo com que Nova Ubiratã se tornasse referência na região.  

Trabalhou para o desenvolvimento e na conquista de objetivos que pareciam ser somente sonhos distantes. Entre os destaques estão: a chegada da energia elétrica em 100% das propriedades rurais, tornando Nova Ubiratã a capital da Titulação Agrária, fato que ajudou inúmeros produtores rurais.

“Essa luta pela titulação agrária é um marco na história, tendo sido referência para a criação do Programa Titula Brasil, do governo federal. Isso me deixa muito feliz e é a vitória de todo empenho que foi feito para que muitos produtores pudessem ter a documentação necessária em mãos”, ressalta.

Dos 4 assentamentos de Nova Ubiratã, com 960 lotes, a Titulação Agrária foi responsável pela entrega de mais de 600 títulos, incluindo a presença do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), na cerimônia que entregou asdocumentações aos produtores.

A cidade também caminhou, a passos largos, na infraestrutura, tendo sido entregue comtodas as ruas asfaltadas e preparada para receber migrantes em busca de oportunidades. Em oito anos de gestão, foi aumentada, de maneira considerável, aarrecadação da cidade, sendo destaque mundial, com crescimento de 66% do orçamento, o que garante mais investimentos no campo e na cidade.

Também foi responsável pela conquista de 13 hectares para a construção de 270 casas populares. Iniciou e acompanhou o desenvolvimento do projeto da instalação da Biocen, indústria de etanol e que irá gerarnovos postos de trabalho, com melhor renda, aumentando o número de empregos diretos e indiretos.

“Um de meus maiores objetivos como prefeito, foi moradia, emprego e renda. Baseado nesse foco, proporcionei o caminho para a construção de casas para aqueles que precisam e busquei novas formas de geração de trabalho. Com isso, a renda do trabalhador irá melhorar e muitos não terão mais a preocupação de pagar aluguel, sobrando no fim do mês, parte do salário para um momento de lazer e descontração”, destacou.  

Também houve uma valorização imobiliária jamais vista na cidade, trazendo Nova Ubiratã para o novo século com organização e responsabilidade. O governo de Valdenir dos Santos foi o responsável pelos estudos e pelabusca por investimentos para o asfaltamento das rodovias que ligam Nova Ubiratã as cidades de Lucas do Rio Verde e Vera, desejo de todos os moradores e que ficou por muitos anos esquecido. Em pouco tempo, esse projeto de pavimentação das rodovias se tornará realidade.

Projetos sociais também foram realizados nos8 anos de governo, com investimento em Saúde, Educação, Esporte e Lazer. Em dois mandatos, Nova Ubiratã viu a desigualdade diminuir e gerou renda para seus moradores, atraindo pessoas de todos os cantos do país, em busca de melhor qualidade de vida. Todos os migrantes foram bem recebidos e integrados a sociedade de maneira amigável, destacando a responsabilidade social.  

Casado com a professora Sileuza Dias, pai de três filhos: Otávio Augusto (21), João Pedro (16) e Maria Eduarda (11), Valdenir escreveu sua história em Nova Ubiratã. Mestre em Agronomia, teve seus olhos voltados para o produtor rural, responsável por alimentar o Brasil e boa parte do mundo. Viu de perto o sofrimento de inúmeras pessoas e, através de sua luta, trabalhou para proporcionar melhorias para todos, sem exceção.  

Pôde colocar em pratica todo seu. Certo de que Nova Ubiratã deveria caminhar rumo as inovações do novo século, sobretudo com a tecnologia empregada no campo, Valdenir propiciou novos rumos para o setor agrícola. Sabia quais eram as dificuldades enfrentadas e buscou soluções.

Através de bons projetos e planejamento, trilhou um rumo seguro para Nova Ubiratã, fazendo o município se tornar referência em boas práticas agrícolas e se firmando como o segundo maior produtor de grãos em Mato Grosso, perdendo apenas para Sorriso e estando a frente de gigantes do setor, tais como: Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Diamantino.

Querido pela esposa, espelho para os filhos e bem quisto na sociedade, obteve conquistaspara Nova Ubiratã, que há tempos eramalmejadas, tirou do papel projetos esquecidos. Levou a cidade para a modernidade, aumentou a arrecadação, com um governo responsável e determinado.

Agora, o ex-prefeito almeja novas conquistas, com projetos de nível regional e estadual, podendo se tornar o primeiro, da região Médio Norte, a ocupar um cargo do executivo a conquistar uma cadeira na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Competência e dinamismo, Valdenir já demonstrou que tem. Seu nome é cotado por tudo que alcançou quando esteve à frente de Nova Ubiratã.

“Eu sempre sonhei com um futuro melhor, sempre tive como objetivo ajudar os produtores rurais na busca por mais qualidade no produto e com auxílio da tecnologia para gerar renda. Trabalhei arduamente por Nova Ubiratã, porque sabia que aquela cidade, que me acolheu, tinha todo potencial para se tornar uma referência regional e estadual. Agora, quero trabalhar por Mato Grosso. Eu estou preparado para esses desafios”, destaca.  

Ao longo de sua trajetória, Valdenir sempre teve grande admiração de seus filhos, esposa e todos os seus familiares. Além de ser reconhecido pela população de Nova Ubiratã como um grande prefeito, que elevou o nome da cidade na região. Essa admiração de sua família, também é compartilhada pelo eleitorado, que sempre destacou seu empenho por uma cidade melhor.

“Em Nova Ubiratã, construí minha família e criei laços de amizades duradouros. Minha esposa foi de grande importância na minha luta por uma vida melhor. Meus filhos fazem parte de meu legado, pelos quais tenho grande amor e por eles, sempre irei buscar novas lutas por um Mato Grosso melhor. Sou grato a todos aqueles que contribuíram comminha jornada. Quero continuar lutando por uma sociedade mais justa, mais humana, combatendo sempre a pobreza, a desigualdade e todas as anomalias sociais”, finaliza Valdenir José dos Santos.    

 

 

 

 

Fonte: Correio de Mato Grosso


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Politica de Privacidade!

-

76C16F68-917F-4C88-8DC1-7D0A4250D2A3 155878a9-213d-4c2f-9e12-54738fc50437