Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Governador anuncia que irá liberar eventos em MT a partir de sexta-feira


04
Esta postagem foi publicada em 21 de agosto de 2020 Notícias, Política.

O governador Mauro Mendes (DEM) anunciou que está discutindo a liberação de eventos em todo estado de Mato Grosso. O chefe do Executivo estadual se reúne na tarde desta quinta-feira com representantes do setor para avaliar as medidas preventivas que serão publicadas em novo decreto nesta sexta-feira (21).

Em vídeo, Mendes disse que o setor de eventos foi um dos mais prejudicados pela pandemia do novo coronavírus e destacou que Mato Grosso reduziu a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

 

Ao lado da presidente do Sindicato das Empresas de Eventos de Mato Grosso (Sindieventos-MT), Alcimar Moretti, do secretário da Casa Civil, Mauro Carvalho, e do secretário de Esporte, Cultura e Lazer, Alberto Machado, popularmente conhecido como ‘Beto Dois a Um’, Mendes adiantou algumas das medidas que deverão constar na normativa.

“Esse setor merece respeito, são muitas pessoas, foi atingido muito cedo e muitas pessoas. Tem muita gente parada precisando voltar a trabalhar. Amanhã, publicaremos um decreto. Vamos permitir, respeitando a taxa de ocupação de 50%, respeitando também o protocolo de distanciamento, a família fica junta, os demais separados com 1,5 metro. Vamos criar novas regras que estamos discutindo com o setor hoje à tarde e amanhã publicaremos um decreto permitindo esse setor em todo estado de Mato Grosso”, afirmou o governador.

Atualmente, o setor de eventos segue com parte expressiva de suas atividades suspensas por conta de decretos estaduais e municipais que barram a formação de aglomerações e do distanciamento social mínimo de 1,5 metro. Com a normativa, a classe poderá retomar a programação de forma gradativa após meses estagnada.

De acordo com informações da Secretaria de Estado de Saúde, Mato Grosso já registrou ao longo destes cinco meses de pandemia mais de 78,2 mil casos de contágio pela covid-19, dos quais cerca de 2,4 mil pacientes não resistiram à doença e morreram com complicações.

Veja o vídeo completo a seguir:

 

 

 

 

 

Fonte: Agência Brasil


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-