Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Governador cobra agilidade da Anvisa para aprovação de vacina contra a Covid-19


04
Esta postagem foi publicada em 11 de dezembro de 2020 Destaque Slide Topo, Notícias.

O governador Mauro Mendes (DEM) cobrou celeridade da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no processo de regulamentação das vacinas contra a Covid-19. Em conversa com a imprensa nesta quarta-feira (9), Mendes reforçou que o Ministério da Saúde já adquiriu 260 milhões de doses da vacina fabricada pela Oxford/AstraZeneca. As primeiras doses, segundo o governador, devem chegar a Mato Grosso entre janeiro e fevereiro de 2021.

“O Ministério da Saúde deve disponibilizar assim que a Anvisa liberar, muito embora tenha comprado, existe um procedimento da Anvisa, que também é um órgão federal. Nós esperamos que esse trâmite seja mais rápido e célere, não dá para imaginar que diante da situação de emergência que o mundo vive, a Anvisa vá demorar 60 dias”, ressaltou.

Isso porque, conforme a previsão apresentada pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, o registro da vacina deve ser aprovado pela Agência Nacional só no fim de fevereiro. Mauro Mendes, por sua vez, garantiu que irá cobrar mais agilidade no processo.

“Nós vamos todos cobrar para que a Anvisa faça isso da melhor forma. Esperamos que em janeiro ou fevereiro o Ministério já esteja distribuindo para todos os Estados e nós teremos condições de aplicar de acordo com os critérios previamente definidos”, afirmou.

O governador também assegurou que Mato Grosso irá seguir o calendário do Ministério da Saúde e voltou a comentar sobre a possibilidade de adquirir mais doses diretamente para o Estado. Contudo, segundo Mendes, fornecer a vacina para os Estados não é uma prioridade dos fabricantes.

“Nós seguiremos o calendário e poderemos até comprar, mas nós precisamos da autorização da Anvisa, de ter isso no mercado e a preferência dos laboratórios é atender os governos federais”, disse.

 

 

 

 

 

Fonte: HiperNotícias


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-