Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook

GUERRA DE BARÕES: “Rei’ detona presidente da Aprosoja por politização da entidade em MT


362494a12019516a712134ba091cf9f5
Esta postagem foi publicada em 21 de setembro de 2021 Destaque 1, Notícias.

O megaprodutor de soja, Eraí Maggi, fez duras críticas aos dirigentes da Associação Brasileira dos Produtores de Soja de Mato Grosso (Aprosoja-MT), por conta do apoio que têm dado às manifestações em favor do presidente Jair Bolsonaro. Segundo Eraí, essa postura liderada pelo presidente da Aprosoja Nacional, Antônio Galvan, está sendo ‘terrível’ para Mato Grosso.

“Nós criamos a Aprosoja, nós que criamos e a iniciamos, mas a função dela é fazer trabalho para desenvolvimento que seja bom pra soja, pro milho e não misturar a política, misturar ideologia, isso atrapalha a Associação. Hoje tem um governo, amanhã tem outro e depois tem outro e a entidade é pra sempre”, disse Maggi durante a assinatura do termo de inicio das obras da ferrovia estadual.

Para o megaprodutor, a postura da entidade seria um ‘radicalismo’ de seus representantes e isso tem atrapalhado na aproximação de outros produtores e entidades com a Aprosoja. “A entidade tem que cuidar da função da entidade e não política. E tem muita coisa pra cuidar da infraestrutura, nos projetos, coisa que vai trazer dinheiro ao produtor”, completa.

Eraí Maggi também apontou um certo ‘negacionismo’ da atual direção da Aprosoja que estaria evitando debates ‘cientifícos’ sobre a produção de soja e milho. “Nós temos uma briga muito forte entre os que pensam cientificamente, os que pensam em tecnologia, produtividade, em semente em biotecnologia, ele fica essa briga de grande e pequeno, sementeiro não, fica essa briga que é uma besteira, isso é ruim para Mato Grosso”, afirmou.

Segundo Eraí, a Aprosoja é contra o chamado vázio sanitário – período de ausência total de plantas vivas de soja e prevê a eliminação e a proibição do cultivo no período entre 1º de julho e 15 de setembro para evitar que o fungo causador da ferrugem da soja se multiplique durante o final da entressafra. Porém, o governo federal estendeu o período de plantio, sob demanda da Aprosoja.

 

 

 

Fonte: Gazeta


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Politica de Privacidade!

-