Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Homem arromba cadeado, invade casa e mata a esposa em Guarantã do Norte


07
Esta postagem foi publicada em 13 de agosto de 2020 Destaque 1, Notícias.

Carla Andreia Monteiro, 46, foi morta com um tiro na noite de quarta-feira (12), no bairro Jardim Vitória, em Guarantã do Norte (715 km ao Norte de Cuiabá). O suspeito do crime é o seu marido, que foi flagrado correndo da casa em posse de uma espingarda. Antes de matar a mulher, vizinhos ouviram ele dizendo: “É Carla, já te amei”, seguido de vários gritos de ‘não, não, não’.

De acordo com as informações da Polícia Militar, o suspeito invadiu a casa em que morava com a vítima. Quebrou o cadeado e entrou. Em seguida, por volta das 22h, os vizinhos já ouviram uma discussão e um barulho de tiro.

Quando uma das testemunhas saiu na rua, flagrou o suspeito correndo segurando uma arma longa, tipo espingarda. Ao entrarem na casa, já encontraram Carla caída com parte do corpo sob a cama. No cômodo, várias malas e sacolas, como se a vítima se preparasse para mudar.

Corpo de Bombeiros foi acionado e confirmou a morte ainda no local. Ela estava com uma marca de tiro do lado esquerdo do peito. Ao que tudo indica, ela tentou correr para se esconder no quarto no momento em que foi baleada. Havia ainda outros sinais de bala dentro do quarto, nas paredes e também um celular na cintura da vítima.

Vizinho declarou que ouviu o momento em que o agressor disse: É, Carla, já te amei…”. Em seguida, ela começou a gritar “não, não, não”. Caso foi acompanhado pela Polícia Militar, mas será investigado pela Polícia Civil da cidade e já está sendo tratado como feminicídio.

Testemunhas contaram que já presenciaram outras situações envolvendo violência doméstica na casa e que, inclusive, Carla já teria atentado contra a própria vida.

 

 

 

 

Fonte: Gazeta Digital


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-