Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Homem e neta de 3 anos são assassinados em cidade de MT


03
Esta postagem foi publicada em 31 de agosto de 2020 Destaque 1, Notícias.

Um homem identificado como Eduardo Ferreira dos Santos, de 45 anos, e a neta dele, de 3, foram assassinados a tiros dentro da casa onde moravam, na tarde de domingo (30), em Lucas do Rio Verde (320 km de Cuiabá).

A criança chegou a ser socorrida e encaminhada para o Hospital Regional de Sorriso, onde passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada de hoje (31).

Além dos dois, a esposa de Eduardo, de 45, o filho, de 26, também foram baleados.

De acordo com o boletim de ocorrência, o crime ocorreu por volta das 14h30. Quando os policiais chegaram ao local, Eduardo estava caído no chão com um tiro no abdômen, já sem vida.

A esposa dele, mesmo baleada, conseguiu relatar que quatro homens chegaram em um Gol vermelho ao local e atiraram contra a família.

Um dos tiros atingiu o filho de Eduardo na perna. A neta foi atingida com um disparo na cabeça.

Eles não esperaram por socorro e foram sozinhos para o o hospital da cidade.

A esposa conseguiu contar aos policiais que antes dos disparos, Eduardo falou aos suspeitos: “Agora vocês vieram aqui para atazanar minha família”.

O filho também confirmou a versão de sua mãe e disse que ainda tentou revidar as agressões e inclusive conseguiu atirar em um deles. A arma que ele usou foi apreendida pela PM.

Na casa os policiais também apreenderam duas espingardas.

Possível desavença

Uma testemunha contou à Polícia que, no dia anterior ao crime, o mesmo veículo estava estacionado na frente da residência de Eduardo e ele e um homem passaram a discutir.

O motivo da briga não foi informado, mas o suspeito deixou o local com os demais que o acompanhavam.

A esposa de Eduardo presenciou a discussão no sábado, mas não soube relatar devido o seu estado de choque.

O caso foi registrado na Polícia Civil da cidade e até o momento nenhum suspeito foi preso ou identificado.

 

 

 

 

Fonte: Midia News


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-