Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Janaina pede afastamento de presidente do Indea após denúncia de assédio sexual


05
Esta postagem foi publicada em 12 de janeiro de 2021 Notícias, Política.

A vice-presidente da Assembleia, deputada Janaina Riva (MDB), pediu que o governo afaste o presidente do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT), Marcos Catão Dornelas Vilaça, seja afastado do cargo. Veio à tona na segunda (11) uma acusação de assédio sexual supostamente cometido por Vilaça contra uma ex-comissionada, que pediu exoneração.

“Sempre que acontece uma situação como essa, ou similar, existe uma cobrança de toda população para que eu, enquanto mulher, única deputada estadual me manifeste. Soube há pouco tempo dessa triste manchete. Já entrei em contato com o secretário da Casa Civil, Mauro Carvalho, que prontamente me atendeu e ouviu minha sugestão: afaste”, disse a deputada nas redes sociais

Janaina ponderou que o caso ainda deve ser apurado judicialmente – até o momento, a notícia é que o boletim de ocorrência foi registrado e o caso é investigado. A deputada lembrou que vítimas de abuso sexual precisam ter sua segurança garantida pelo Estado quando resolvem denunciar crimes

“Não que um homem acusado de assédio não tenha o direito de se defender, mas a mulher vítima, precisa se sentir segura, saber que existe justiça e que ninguém, por maior que seja sua posição, está imune a lei. Enquanto estiver na Assembleia Legislativa, como representante de todas as mulheres de Mato Grosso, não vou me calar. Essa denúncia é grave, é de causar náuseas e a vítima nesse momento, merece nosso apoio”, opinou.

De acordo com o boletim de ocorrência, a jovem teria sido assediada ao entrar no gabinete do presidente do Indea para repor garrafas de água. Marcos Vilaça teria massageado o pênis e olhado diretamente para a vítima. Ela procurou a polícia em novembro.

“E que sirva de exemplo a todas as mulheres, não são os casos que estão aumentando, seja de assédio sexual ou de violência doméstica, em minha humilde opinião, as denúncias é que estão aumentando. A determinação de todas as mulheres em denunciar é que está aumentando. Vamos nos fortalecer e vamos juntas lutar contra essa cultura machista e preconceituosa”, afirmou Janaina.

A parlamentar disse ainda que respeita o direito à defesa do presidente do órgão, mas “principalmente, respeito as mulheres que passam ou já passaram por situação similares e elas sim, merecem todo nosso trabalho e dedicação”.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: RD News


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-