Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Jayme Campos comenta eleição da Mesa Diretora do Senado e comemora vitória de Rodrigo Pacheco


WhatsApp Image 2021-02-01 at 18.35.03
Esta postagem foi publicada em 1 de fevereiro de 2021 Destaque Slide Topo, Notícias.

Durante sessão preparatória do Senado Federal que elegeu o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) o novo presidente da Casa, nesta segunda-feira (1º/2), o senador Jayme Campos (DEM-MT) destacou a importância da eleição da nova Mesa Diretora para a democracia no país e apontou as prioridades para a próxima gestão.

“Este processo eleitoral interno do Senado consolida o espírito da democracia brasileira porque é um momento de equilíbrio em que devemos ter consciência de que o Senado é a casa moderada e tem papel preponderante especialmente neste momento de crise em virtude da pandemia”, comentou.

Para Jayme, a prioridade do novo presidente da Casa é liderar o Legislativo em torno dos projetos que garantam a retomada do crescimento, a geração de emprego e renda, além de avançar as discussões sobre as reformas administrativa, política e tributária.

“O Brasil precisa de união e equilíbrio para enfrentar as dificuldades, sobretudo em razão da pandemia. Precisamos resguardar o Senado Federal como a Casa Moderadora, tendo como paradigma a independência harmônica entre os poderes”, disse.

Ele também parabenizou o correligionário democrata Rodrigo Pacheco. “Tenho certeza que o senador Rodrigo Pacheco saberá conduzir seu trabalho de forma exitosa porque é um parlamentar competente e com disposição para desempenhar este papel tão importante. Como senador, vou buscar contribuir para o Senado continuar em sua defesa da República, da Federação e do Estado Democrático de Direito”, enfatizou.

Reformas – O senador destacou também que o Senado Federal deverá trabalhar pelas reformas estruturantes como a administrativa, a tributária e a política. “Dessas reformas dependem sobremaneira a retomada do crescimento econômico, a geração de emprego e renda e a alavancada do setor produtivo. O Brasil, no pós-pandemia, precisa sair urgentemente dessa quadra ruim e o Congresso Nacional terá o fundamental papel de tirar o país do buraco”, afirmou.

 

 

 

 

Fonte: Agência Senado/Assessoria


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-