Justiça manda Arcanjo pagar pensão mensal a filho de Sávio Brandão

Justiça manda Arcanjo pagar pensão mensal a filho de Sávio Brandão

O ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro foi condenado, pela 6ª Vara Cível do Tribunal de Justiça (TJMT), a pagar uma pensão mensal de R$ 22 mil ao filho do jornalista Domingos Sávio Brandão, então proprietário do Jornal Folha do Estado, que foi assassinado no ano de 2002.

O filho do jornalista, que nasceu meses depois do crime e que hoje tem 18 anos, deverá receber a pensão todos os meses até completar os 25 anos de idade, além de uma indenização no valor de R$ 300 mil a título de danos morais por nunca ter conhecido o pai. A decisão foi publicada nesta segunda-feira (15).

“O cônjuge varão foi covardemente assassinado […] às vésperas de a sua mãe lhe dar à luz, deixando-­a precocemente sem marido, seu provedor, e inconsolável pelo fato de o filho não poder ter a chance de conviver com o pai, considerada essencial ao seu crescimento e formação”, traz decisão.

Na ação movida por Izabella Corrêa Costa, mãe do jovem e então esposa do jornalista, foi feito o pedido de indenização de R$ 2 milhões, mas a defesa do ex-bicheiro conseguiu derrubar.

O juízo determinou a pensão “levando em conta o padrão de vida elevado do falecido e as plenas condições favoráveis do réu de suportá-­la, como forma de compensação por ter sido privado, durante toda a sua vida, da convivência do pai”.

Arcanjo Ribeiro, que em 2013 foi condenado a 19 anos de prisão em regime fechado como mandante da morte do jornalista, ainda pode recorrer da decisão da 6ª Vara Cível. Assim, como Izabella também pode entrar com recurso pedindo revisão da sentença.

 

 

Fonte: RepórterMT