Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Justiça nega habeas corpus de gerente do Comando Vermelho em Sinop


14
Esta postagem foi publicada em 25 de maio de 2020 Destaque 1, Notícias.

O desembargador Orlando Perri, da Primeira Câmara Criminal, decidiu manter a prisão de A.A.S., apontado como “gerente”, ou seja, o comandante regional do Comando Vermelho (CV) em Sinop (500 km ao norte da Capital). Ele está preso desde 9 de maio.

Ele é acusado de chefiar um grupo criminoso que distribuía e vendia drogas em Sinop. Além do comércio ilegal, a quadrilha ameaçava e extorquia empresários, que eram obrigados a pagar uma taxa mensal para não sofrerem represálias.

Além das denúncias da atuação, ele foi preso com 50 quilos de maconha, no momento em que A. levava a droga para ser distribuída nas bocas de fumo dos bairros. Também foram presos com ele mais 4 homens, que fariam parte da organização criminosa.

Em sua defesa, A. alegou ser “arrimo de família (esposa e 3 menores de idade), primário, com residência fixa e trabalho lícito”, já que ele afirma ser pedreiro.

O desembargador afirmou na decisão que “é certo o perigo gerado pelo estado de liberdade dos autuados, haja vista o risco de que, em liberdade, venham a encontrar os mesmo estímulos que os levaram à prática do crime”.

 

 

Fonte: Gazeta Digital


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-