Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Líder pede que Mendes mantenha investimentos e evite quebra de MT


874228804d5d9d02890a1fc91a39899e
Esta postagem foi publicada em 13 de abril de 2020 Notícias, Política.

Dilmar cita projeção de queda de até R$ 1,1 bilhão na arrecadação do Estado em meio à pandemia.

O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Dilmar Dal’Bosco (DEM), defendeu que o Executivo mantenha o ritmo de investimento no Estado mesmo durante a pandemia do novo coronavírus, a Covid-19.

 

Segundo ele, Mato Grosso tem uma previsão de queda de até 42% em sua arrecadação nos próximos 90 dias. A previsão é de que se arrecade R$ 1,1 bilhão a menos do que a estimativa antes do vírus.

 

“O Estado vai ter que tomar atitude como tomou na questão do empréstimo dos R$ 550 milhões, com 10 anos para pagar. E algumas obras que precisam ser executadas, como reformas de escolas, casas populares e asfaltos que eram programas da fonte 100 [recursos próprios]. Buscar financiamentos já que o Governo Federal sinalizou essa possibilidade, pois não podemos parar de fazer investimentos no Estado”.

“O Estado vai ter que se preocupar com isso. Não pode parar de fazer investimento, porque o Governo é a maior empresa do Estado. Não podemos ficar sentado e esperar passar a pandemia. E o governador está tendo a atitude e está no caminho certo”, acrescentou.

 

O líder elogiou os decretos do governador Mauro Mendes (DEM) ao longo dos últimos meses. Para ele, o democrata dosou a preocupação com a saúde da população e com a saúde financeira do Estado.

 

Afirmou, ainda, que a Assembleia Legislativa tem feito o possível para ajudar, com aprovação de projetos importante e a devolução de recursos financeiros.

 

“O Governo de Mato Grosso está fazendo todas as medidas acertadas. Muito bem acertada, inclusive. Com dialogo, porque não se faz nada sozinho. Está conversando com os Poderes. Estamos participando e preocupados em cuidar dessa pandemia, com a saúde da população e em prevenir o caos social”, disse.

 

“Tudo isso é uma preparação para caso fiquei mais sério. Já é sério. O Governo está acertando em tudo. Está bom no diálogo. Os secretários e a Assembleia estão ajudando. E na Assembleia tenho percebido que ninguém está querendo fazer oposição. Todos estão querendo ajudar”, completou.

 

 

Fonte: Midia News


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-