Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Mauro afirma que MT é único estado com mil quilômetros de asfalto em construção


15
Esta postagem foi publicada em 25 de maio de 2020 Destaque Slide Topo, Notícias.

O governador Mauro Mendes (DEM) comemorou o fato de Mato Grosso ter mil quilômetros de obras de pavimentação mesmo em um momento de pandemia por conta do novo coronavírus e de uma crise financeira que se avizinha. Adiantando a sucessão eleitoral de 2022 para o Palácio Paiaguás, o democrata destacou que por muito tempo o Estado foi governado por pessoas sem compromisso e muitas vezes envolvidas com corrupção.

Segundo ele, o momento é de olhar pra frente e ver as riquezas que o Estado tem. Ele destaca que Mato Grosso é rico, mas com um governo pobre. “O governo estava muito distante disso”, comentou o democrata emendando que é preciso ser mais criterioso com a escolha de governador.

O governador aproveitou a entrega de novas viaturas para dizer que sua gestão começou a entregar obras em todas as pastas. Citou como exemplo a pavimentação de 260 quilômetros em 2019, enquanto o governo federal pavimentou 86 quilômetros.

Sobre 2020, disse que o Estado tem mil quilômetros de pavimentação nas mãos das empreiteiras e acha que é o maior volume de obras em um Estado. “Muito provavelmente nenhum estado tem essa quantidade de obras pelo país, não quero ser presunçoso, mas acho difícil ter um estado com esse volume de obras e as empreiteiras trabalhando e recebendo”, disse.

O governador afirmou que o volume de investimentos acontece graças às medidas de contenção de gastos e elevação da receita que foram tomadas em 2019, como a elevação da contribuição do Fethab, a reforma tributária e também a lei que dificultou a concessão de reajuste e revisão aos servidores do estado.

Combate à pandemia
Mauro disse que o combate ao novo coronavírus em Mato Grosso é levado a sério e que há um trabalho do governo para que haja um menor impacto no estado. Disse que a saúde estadual está implantando em 90 dias 110 leitos de UTIs para salvar mais mato-grossenses que forem acometidos com a forma grave da covid-19.

Mauro observou que nos hospitais regionais de Mato Grosso existiam 77 leitos de UTI e que esses 110 leitos foram inseridos no sistema público de saúde do estado.

O governador chamou o hospital de campanha implementado em São Paulo, Rio de Janeiro, Campo Grande e outras cidades como senso comum, pois com menos do que foi gasto na construção desses hospitais provisórios, ele conseguiu aumentar o número de leitos de forma permanente no SUS em Mato Grosso.

Mauro disse que no começo da pandemia, sugeriram a ele a construção de um hospital de campanha na Arena Pantanal. Porém, o governador negou e apontou que em uma construção de 15 dias a mais foi colocada uma obra definitiva em pé.

 

 

Fonte: Gazeta Digital


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-