Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Mauro Mendes analisa aliados para decidir apoio nas eleições ao Senado


09
Esta postagem foi publicada em 4 de março de 2020 Notícias, Política.

Com 3 aliados no páreo, o governador Mauro Mendes (DEM) disse que ainda não definiu o nome de quem vai apoiar na eleição suplementar ao Senado Federal. Entre os que apoiam o democrata e querem entrar na disputa estão Júlio Campos, do partido do governador, Otaviano Pivetta (PDT), vice de Mauro Mendes, e Carlos Fávaro (PSD), ex-companheiro de chapa e ex-secretário do Escritório de Representação de Mato Grosso em Brasília.

O governador descartou dar apoio ao ex-deputado, Nilson Leitão (PSDB), e negou que a conversa que teve na manhã de segunda-feira (2) tenha sido para convercer o ex-senador a entrar na disputa ao Senado para unificar os candidatos ligados ao agro em torno do seu nome.

O democrata avalia que é pouco provável que haja consenso para formação de uma chapa única entre os candidatos que fazem parte do arco de alianças do governo do Estado.

Mauro destacou que vai apoiar quem um dia lhe deu apoio. “Política se faz com recíprocidade, quem lhe deu apoio espera receber apoio, isso faz parte da lógica, da dinâmica da vida, não posso contrariar essa ideia. Então, apoio eu sou posso dar a quem me deu um dia”.

O comandante do Palácio Paiaguás também não acredita que terá um racha na base, ele acredita que os políticos de Mato Grosso tem amadurecimento suficiente para entender o momento. “Mais importante que as disputas políticas são o trabalho e o que estamos entregando a população”.

 

Fonte: Gazeta Digital


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-