Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Mendes diz que meta é pagar salário no dia 30, mas não dá prazo


Esta postagem foi publicada em 15 de janeiro de 2020 Destaque 1, Notícias.

Desde 2015, o funcionalismo recebe a partir do dia 10 do mês seguinte ao trabalhado.

O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que tem como próxima meta de gestão pagar os fornecedores e os servidores públicos dentro do mês trabalhado.

Desde 2015, o funcionalismo recebe a partir do dia 10 do mês seguinte ao trabalhado. Em 2019, chegou a receber de modo escalonado até dezembro, quando Mendes retornou o pagamento integral no dia 10.

Em conversa com a imprensa, nesta semana, o democrata disse estar caminhando “a passos largos” para atingir este objetivo. Ele, entretanto, não estabeleceu uma data.

“Em 2020, vamos continuar trabalhando com a mesma seriedade. O objetivo é pagar fornecedor dentro do mês, pagar salário dentro do mês. Nós estamos caminhando a passos largos para isso, mas não tenho ainda como fazer um exercício de previsão de data para dizer quando isso poderá acontecer”, afirmou.

Mendes ressaltou que, ao longo do ano passado, conseguiu recuperar o fôlego de caixa do Estado sem a ajuda do Governo Federal. Este, inclusive, reduziu seus repasses, chegando a deixar de pagar alguns recursos, como o Auxílio Financeiro de Fomento às Exportações (FEX).

“Eu não gosto de trabalhar com exercício de futurologia. Nós tínhamos um planejamento. Sempre disse isso. Ao longo de 2019, conseguimos colocar o salário em uma única parcela. Pagamos o 13º em dezembro, dentro da data estabelecida, sem nunca ter falado de conversinha de depender de Governo Federal”, disse.

“Trabalhamos com nossas próprias pernas, com nossas competências e com nossos planejamentos. Graças a Deus, e ao trabalho de toda equipe, de muita gente, deu certo”, completou.

 

 

Fonte: Midia News


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-