Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

“Mendes não tem compromisso em me apoiar”, diz Pivetta


unnamed
Esta postagem foi publicada em 2 de março de 2020 Notícias, Política.

O vice-governador Otaviano Pivetta (PDT) afirmou neste sábado (29), que o governador Mauro Mendes (DEM) não tem compromisso em apoia-lo durante eleição suplementar ao Senado, marcada para 26 de abril pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT).

Pivetta foi oficializado como pré-candidato para disputar pela cadeira da senadora e juíza aposentada Selma Arruda (Podemos), que teve o mandato cassado por caixa dois e abuso de poder econômico.

“O governador Mauro Mendes não tem compromisso de me apoiar. Estou tranquilo e vou seguir com meu plano. O partido dele vai ter candidato até o momento. Eu não posso esperar nenhum esforço e não quero o sacrifício dele [Mauro Mendes]”, disse após inauguração da loja Havan, na Avenida Fernando Corrêa, em Cuiabá.

O vice-governador ressaltou que não tem conversado com o chefe do Executivo sobre a eleição suplementar e ressaltou que o partido de Mendes lançou o ex-senador Júlio Campos como também pré-candidato. “Não tivemos tempo de conversar sobre essa eleição, tudo tem acontecido muito rápido. Mendes tem se mantido neutro até mesmo com os Democratas”, ressalta.

Posição neutra

O governador voltou a declarar que se manterá neutro na eleição suplementar ao Senado. O gestor afirmou que por enquanto está neutro, cuidando das suas funções e obrigações como governador.

Mesmo com três nomes da sua base – sendo o vice-governador, o ex-senador Júlio Campos e o ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD), Mendes declarou que o cenário ainda não está definido.

“Por enquanto estou observando o cenário. Estou um pouco alheio a esse processo, mas como cidadão e como governador, eu tenho todo o direito de em algum momento apoiar, declarar o meu voto e trabalhar por um candidato que eu acredito que possa ser o melhor para Mato Grosso. Mas no momento estou neutro, cuidando das minhas funções e obrigações como governador”, disse em conversa com à imprensa.

 

 

Fonte: HTN


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-