Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Ministro do Meio Ambiente faz fiscalização das ações contra queimadas no Pantanal em Mato Grosso


08
Esta postagem foi publicada em 24 de setembro de 2020 Destaque Slide Topo, Notícias.

O Ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles, está fazendo agora, sobrevoou com helicóptero vistoriando ações contra às queimadas no Pantanal, na região da estrada-parque Transpantaneira (MT-060), no município de Poconé (103 quilômetros de Cuiabá). As informações foram confirmadas, há pouco, pela assessoria, ao Só Notícias.

A região está sendo castigada pelas queimadas. De acordo com dados do Centro Integrado Multiagências, cerca de 352 mil hectares da porção mato-grossense da maior planície alagáveis do planeta já foram atingidos pelo fogo. No início deste mês foi lançada a Operação Pantanal II com o objetivo de controlar os incêndios. Em campo, mais 134 pessoas estão atuando no combate ao fogo.

Conforme Só Notícias já informou, o governo Federal enviou, ontem, equipe com 48 militares da Força Nacional de Segurança Pública começa na próxima sexta-feira, as atividades de combate aos incêndios florestais na região do Pantanal. Além dos bombeiros, o apoio de logística ao Estado contará com 12 viaturas, um micro-ônibus, um caminhão de transporte, um helicóptero e três policiais militares, que vão atuar ainda no Vale do Araguaia, Chapada dos Guimarães e Amazônia.

O reforço foi solicitado pelo governo do Estado e autorizado pelo ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, em portaria divulgada no Diário Oficial da União, hoje. O grupo segue para Poconé amanhã, e se apresenta ao posto de comando para receber as orientações e informações necessárias. O grupo atuará na região por 30 dias, com a possibilidade de prorrogação, de acordo com a portaria.

O governo Federal também repassou R$ 10,1 milhões como recursos de emergência. Os recursos já estão na conta do Estado de Mato Grosso, que finaliza os trâmites bancários para contratação de aeronaves, reforço das equipes de combate aos incêndios, resgates de animais silvestres e compra de retardantes (insumo que auxilia no controle do avanço das chamas).

O governo de Mato Grosso já aplicou mais de R$ 22 milhões de recursos próprios, contando com 40 equipes espalhadas por todo o estado para o combate ao fogo, seis aeronaves, três helicópteros e mais de 2,5 mil profissionais envolvidos, desde bombeiros militares, voluntários, integrantes da Defesa Civil e do Exército.

 

 

 

 

Fonte: Só Notícias


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-