Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Morre chaveiro que teve queimaduras graves ao salvar criança de incêndio


15
Esta postagem foi publicada em 20 de julho de 2020 Destaque 1, Notícias.

A secretaria municipal de Saúde confirmou, há pouco, ao Só Notícias, que o chaveiro Odirlei de Oliveira, de 36 anos, morreu no último sábado numa Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional em Sorriso, onde estava internado desde o dia 3 de maio. De acordo com a assessoria, existe a suspeita que ele tenha sido infectado pela Covid-19. Por conta disso, segundo a funerária São Jorge o sepultamento seguiu os protocolos do Ministério da Saúde sem velório.

Odirlei estava internado devido à gravidade dos ferimentos causados pelo fogo, em uma residência de madeira que estava em chamas, onde entrou para salvar uma criança, de 4 anos, no dia 26 de junho, no bairro São Matheus. Ele teve queimaduras de segundo grau, respirou muita fumaça e teve complicação no pulmão.

O chaveiro chegou a ficar por um período no box de emergência do hospital. A transferência para UTI só ocorreu após intervenção da Defensoria e Ministério Público para conseguir um leito através de liminar na justiça.

A residência ficou completamente destruída. No dia do incêndio,  Odirlei relatou que viu a fumaça e ao verificar a situação, percebeu que o menino estava na casa. “Corri e peguei a marreta. Pulei o muro e quando bati a primeira marreta, quebrou o tijolo e retirei ele”, disse, após o ato heroico.

A versão apontada por testemunhas é que a criança estava dormindo quando começou o incêndio. A mãe estava no trabalho e o pai precisou sair e teria pedido para um vizinho para cuidar da criança até que voltasse. Não há confirmação se a polícia concluiu os procedimentos de investigação.

 

 

 

Fonte: Só Notícias


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-