Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

MP investiga prefeitura de Peixoto de Azevedo que pagou funerária por transporte de pacientes


11
Esta postagem foi publicada em 12 de agosto de 2020 Destaque Slide Topo, Notícias.

A Prefeitura de Peixoto de Azevedo (675 quilômetros ao norte de Cuiabá) está sendo investigada pelo Ministério Público Estadual (MPE) por pagamentos de R$ 34 mil a uma funerária a título de “transporte de pacientes”.

 

O inquérito foi instaurado no último dia 3 de agosto pelo promotor Marcelo Mantovanni Beato.

Na investigação, o promotor destaca que há uma série de irregularidades em diversas contratações diretas e sem nenhum procedimento formal feitas pelo município com a empresa Rosimere Rodrigues Maciel Funerária MT, durante os anos de 2017, 2018 e 2019.

O MP também aponta diversas irregularidades também na prestação de serviços funerários pela empresa.

“Os documentos, por ora, estão a indicar um possível fracionamento indevido de serviços de prestação contínua à administração, com dispensa indevida de licitação, razão pela qual há que se esclarecer se havia a situação de urgência”, afirmou o promotor.

O membro do MP ainda destaca que há necessidade de se averiguar se tais situações de emergência não foram “fabricadas”, já que há indícios de que a Prefeitura deixou sucatear suas próprias ambulâncias, conforme demonstrado no procedimento preliminar aberto pelo MP.

O promotor intimou o representante da empresa para prestar esclarecimentos detalhados sobre os serviços prestados. Também foram intimados a ex-secretária de Saúde, Jucineide Oliveira da Silva, e do atual secretário, Madson Fontoura.

Fica aqui o espaço aos proprietário da Funerária bem como a Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal caso queira se manifestar sobre o assunto, divulgado nesta matéria.


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-