Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Pandemia pode levar 3,5 mil empresas à recuperação judicial e à falência, diz estudo


09
Esta postagem foi publicada em 18 de julho de 2020 Destaque Slide Topo, Notícias.

Estudo da Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia traça um cenário bastante ruim para empresas brasileiras em meio à pandemia do novo coronavírus. De acordo com o levantamento adiantado ao blog, cerca de 3.500 companhias irão pedir recuperação judicial ou entrar em falência nos próximos meses.

Os dados mostram que a inadimplência pode crescer 294% em relação a um cenário sem a pandemia, atingindo 271 mil empresas no Brasil. Segundo especialistas, a inadimplência por mais de 90 dias é um estágio que precede a recuperação judicial e “contagia” a cadeia de produção ao afetar diversas empresas em série.

Como o processo de recuperação judicial tem custo alto, o número reflete médias e grandes empresas. As micro e pequenas em geral fecham antes.

Em média, mais de 50% dos processos de falência continuam abertos após 13 anos e a morosidade deprecia o capital das empresas em 51%. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quinta-feira (16) que 522 mil empresas fecharam devido à pandemia. Dessas, 99% eram de pequeno porte.

 

 

 

 

 

Fonte: G1


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-