Para Wilson, se Ari Lafin não topar ser candidato, PSDB tem que caminhar com Mauro Mendes

Para Wilson, se Ari Lafin não topar ser candidato, PSDB tem que caminhar com Mauro Mendes

O PSDB já começou a se movimentar para montar chapas para concorrer ao pleito eleitoral em 2022. Além das discussões sobre as chapas para federal e estadual, o partido também vislumbra as majoritárias com o nome do prefeito de Sorriso, Ari Lafin, como uma das possibilidades ao governo. Para o deputado estadual Wilson Santos (PSDB), no entanto, caso isso não se concretize, o partido deve apoiar a reeleição do governador Mauro Mendes (DEM).

Eleito com pouco mais de 80% dos votos na eleição municipal de 2022, Lafin já demonstrou interesse em concorrer e principalmente capitalizar finanças para ajudar o partido na corrida eleitoral.

Wilson acredita que disputar eleição é instinto de sobrevivência e isso faz com que um político jovem se coloque como possível candidato a governador. “É uma questão de instinto de sobrevivência. O Ari sem dúvida é um fato novo, jovem, fez uma gestão exemplar em sorriso obteve 80% dos votos e é um nome que começa a ser analisado. Mas o PSDB tem o direito de apresentar”, disse o deputado.

Porém, a iniciativa de ter candidatura própria pode tirar o partido da base do governador Mauro Mendes (DEM). Para Wilson, se não houver nenhum nome apto para a disputa e o prefeito Ari Lafin não topar ser candidato, o PSDB caminhará com o atual governador.

“Se não tivermos nomes, vamos marchar com Mauro Mendes, isso é certo. Não existe eleição fácil. Não se pode menosprezar a capacidade do eleitor. Não há dúvidas que Mauro está fazendo história, mesmo tomando medidas duras e amargas.

O estado hoje lança o maior pacote de obras na história da Saúde e Educação. Mato Grosso está vivendo uma fase de muita expectativa e sem dúvida os resultados da gestão Mauro Mendes Ferreira vão ser o maior cabo eleitoral dele nas eleiçõe”, comentou o deputado.

 

 

Fonte: Olhar Direto