Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook

Pneumonia e insuficiência respiratória já mataram mais que o Coronavírus em Mato Grosso


03
Esta postagem foi publicada em 8 de junho de 2020 Notícias, Política.

O levantamento feito através do portal da transparência de Registro Civil apontou que 334 pessoas morreram de janeiro até agora, em Mato Grosso com pneumonia (214 óbitos) e insuficiência respiratória (120 falecimentos). Essas são duas principias comorbidade que contribuem para o agravamento da saúde dos pacientes que são infectados com o novo Coronavírus (Covid-19). A secretaria de Saúde registrou desde o início da pandemia 113 mortes em decorrência da doença no Estado.

Até ontem, em Mato Grosso foram contabilizados 4.033 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 2.437 estão em isolamento domiciliar e 1.243 estão recuperados. Há ainda 240 pacientes hospitalizados, sendo 118, em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 122, em enfermaria.

Os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (1.212), Várzea Grande (369), Rondonópolis (306), Primavera do Leste (178), Tangará da Serra (173), Sorriso (140), Confresa (138), Lucas do Rio Verde (122), Sinop (100), Barra do Garças (92), Campo Verde (78), Pontes e Lacerda (66), Nova Mutum (59), Jaciara (49), Rosário Oeste (45), Cáceres (43), Alta Floresta (43), Sapezal (39), Guarantã do Norte (37) e Aripuanã (36).

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 51,0% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,0% masculino; além disso, 1.129 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 9.209 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) e que, atualmente, restam 638 amostras em análise laboratorial.

 

 

 

 

 

Fonte: Só Notícias/Cleber Romero


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Politica de Privacidade!

-