Durante a madrugada, os policiais foram acionados por um funcionário da agência bancária do município. O comunicante relatou à equipe da PM, que havia perdido toda a comunicação do sistema de segurança do estabelecimento bancário. 

Os policiais foram até o local e o gerente abriu a agência para que fosse realizada a checagem no interior do banco. Durante a verificação, a polícia localizou um furo no forro de gesso próximo ao cofre. 

A PM mobilizou mais equipes policiais e cercou a região em busca dos suspeitos. Na ação, a polícia apreendeu ferramentas utilizadas pelos suspeitos para furtar a agência, como alicates, furadeiras de impacto, 28 discos de esmerilhadeiras, chaves de fenda grande, extensão de fio, corda, marreta, pés de cabra dentre outros materiais.

Foi constatado pela Polícia Militar que os suspeitos arrombaram a sala e desligaram o servidor do sistema de segurança do banco. Uma manta térmica foi utilizada pelos criminosos para tentar bloquear o sinal do sistema de segurança.

A equipe da Polícia Militar conseguiu recuperar as imagens das câmeras da agência e segue em diligências em busca dos suspeitos de participarem da tentativa de furto. Durante as diligências em Sorriso, os policiais identificaram que um dos suspeitos havia comprado ferramentas em loja de matérias de construção no último sábado (18), e que ele aparece nas imagens da tentativa de furto ao local.

O carro utilizado pelo suspeito para ir à loja também era o mesmo veículo que apareceu sondando a frente da unidade da PM, horas antes do crime na agência. O homem foi preso e logo em seguida, após obter mais informações a PM prendeu mais outro suspeito e uma mulher, na região do Bairro São José II, em Sorriso.

Na ação, os policiais apreenderam uma mochila de um dos suspeitos presos contendo armas de fogo, munições e porções de maconha. Os dois homens confessaram o crime, os suspeitos foram entregues para a Polícia Judiciária Civil. A PM segue em diligência atrás dos demais suspeitos do crime.