Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Polícia suspeita que garoto desaparecido tenha sido morto e faz pedido de prisões


567051585925509
Esta postagem foi publicada em 3 de abril de 2020 Destaque Slide Topo, Notícias.

A Polícia Judiciária Civil (PJC) de Sorriso pediu a prisão temporária do padrasto e do irmão do menino Claudemir Ramos Quintino, de 10 anos, que está desaparecido desde dezembro do ano passado. A suspeita é que o garoto tenha sido morto, apesar de o corpo não ter sido encontrado.

O pedido, porém, foi indeferido pelo juiz de direito e diretor do fórum da Comarca de Nova Ubiratã, Glauber Lingiardi Strachicini.

Sem acesso à decisão nesta manhã, o delegado responsável pelas investigações, Nilson Farias, não soube especificar o motivo do indeferimento do pedido. “Isso não quer dizer que não será investigado. Tentaremos por outros meios chegar a autores do possível crime de homicídio. Contamos com o apoio da população para nos trazer informações. Não foi localizado o corpo, mas a polícia não trabalha mais com a chance de ele estar vivo”.

A polícia continua aguardando o resultado da perícia feita em celulares de possíveis suspeitos.  “Vamos continuar com a investigação e utilizar outros métodos”, frisou o delegado.

Os familiares de Claudemir procuraram a polícia quase uma semana após o desaparecimento informando que o garoto teria saído para brincar e não voltou mais.

Porém, uma série de contradições e mentiras levaram a polícia a supor que a própria família do garoto estaria envolvida no caso. Apesar da negativa do juiz, o delegado informou que as investigações continuarão.

 

 

Fonte: Portal Sorriso


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-