Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Policiais militares envolvidos no caso de mulher alvejada em Sorriso viram réus


Esta postagem foi publicada em 28 de fevereiro de 2020 Destaque Slide Topo, Notícias.

Mulher de 44 anos ficou internada e bala ficou alojada no pescoço.

Os policiais militares suspeitos de atirarem em uma mulher, em janeiro deste ano em Sorriso, a 420 km de Cuiabá, viraram réus na Justiça de Mato Grosso.

A juíza Emanuelle Chiaradia Navarro Mano, da Primeira Vara Criminal de Sorriso, recebeu a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) no dia 12 de fevereiro.

Os policiais, agora, respondem criminalmente por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo.

A reportagem não localizou a defesa deles. Ezio Sousa Dias e Weberth Batista Ribeiro, ambos de 30 anos, se envolveram em uma confusão em um bar e efetuaram disparos, atingindo Elizangela Moraes, de 44 anos, que estava do lado de fora do estabelecimento.

Eles estão presos desde o dia 18 de janeiro, quando o crime aconteceu. Recentemente também foi decido, pela 4ª Vara Cível, o afastamento deles, só não foi informado se ambos ainda recebem remuneração como militares.

Atualmente eles estão presos no presídio militar de Santo Antônio de Leverger, a 35 km da capital mato-grossense.

 

 

Fonte: Portal Sorriso


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-