Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Prefeita permite retorno gradativo das aulas nas escolas particulares em Sinop


18144
Esta postagem foi publicada em 2 de maio de 2020 Destaque 1, Notícias.

A prefeita de Sinop, Rosana Martinelli, confirmou, há pouco, em entrevista pela internet, novo decreto permitindo a retomada gradativa das aulas nas escolas particulares, que têm cerca de 7 mil alunos, a partir da próxima segunda-feira. Inicialmente 50% dos alunos voltam a estudar. A partir do dia 11, o percentual aumenta para 70% e, do dia 28 em diante, 100%.

Nas unidades municipais, onde estudam 17 mil,  o retorno presencial será a partir do próximo dia 18, seguindo o decreto do governo do Estado. “Fica permitido o retorno gradativo e seguro das atividades escolares de educação infantil, ensino fundamental e superior da rede municipal e particular. No decreto, estão previstas medidas rígidas de segurança assinatura de um termo com escolas e faculdades. Temos muitas escolas pequenas com cursos profissionalizantes. Pegamos por escrito com essas escolas um termo de responsabilidade com essas unidades”, disse Martinelli. Somados os alunos das redes particular, municipal e estadual são cerca de 40 mil.

A secretária de Educação, Esporte e Cultura, Veridiana Paganotti, explicou que não vão voltar todos os alunos de uma vez na rede municipal. “Nossas salas têm organizações e espaços suficientes para o quantitativo de alunos manterem o distanciamento de 1,5 metro. Lembrando que os pais não são obrigados a mandarem seus filhos, mas a escola estará aberta ofertando ensino. Cabe a familiar mandar seu filho”,

Paganotti afirmou ainda que o primeiro cuidado será com os professores. “Nós já entramos em contato com a secretaria de Estado de Saúde para que possamos adiantar a vacinação contra a gripe. Isso deve acontecer antes do dia 9 para que o professor esteja imunizado. No segundo momento, higienização das escolas. Já esta sendo feita a limpeza para que tenhamos as condições sanitárias dos espaços. Temos, álcool gel que já foram entregues para as escolas, regras de convivência. Estamos extinguindo recreio e as aulas de educação física estão suspensas. Na entrada dos alunos vamos fazer o uso de termômetro. Nos ônibus também terá esse monitoramento. Todos os cuidados só vão valer se os pais também tomarem o cuidado com a higienização dessa criança ainda em casa”.

Ainda segundo a secretária, o retorno nas creches será para as turmas de pré-escola com alunos de 4 a 5 anos. “De forma gradativa, estaremos incluindo os demais. Os bebês de 3, 2, 1 e até quatro meses só retornarão no dia 1º de junho. Isso se tiver tudo bem no nosso município em termos sanitários. Vale ressaltar isso, se conseguirmos controlar o quantitativo de infectados e termos uma tranquilidade sanitária mantermos essa organização. Qualquer sinal de necessidade, imediatamente romperemos essa organização e faremos outro. Por isso, estamos alinhados com o secretário de Saúde para estar verificando a situação sanitária.

Nesta sexta-feira (1º), a secretaria estadual de Saúde informou que Sinop tem, atualmente, uma pessoa oficialmente com a doença. 17 se recuperaram e duas morreram. Na última quinta-feira mais duas deixaram o isolamento domiciliar porque não estão mais com sintomas.

 

 

Fonte: Só Notícias


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-