Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Prefeito de MT é sogro de piloto preso com meia tonelada de cocaína


a3f719e864b106cebe2b09896b1374b0
Esta postagem foi publicada em 3 de março de 2020 Notícias, Política.

Apesar do ‘parentesco’, o prefeito Miguel José Brunetta não tinha proximidade com o genro por contra o relacionamento da filha.

O piloto Luis Carlos Gregol, preso por pilotar um avião com 514 kg de cloridrato de cocaína no domingo (1º), é genro do prefeito de Santo Antônio do Leste (384 km de Cuiabá), Miguel José Brunetta (PL).

‘Paquito’, como é conhecido, Luiz foi preso na cidade de Nova Mutum, após ter descarregado a carga em meio a uma plantação de eucalipto na cidade de Juscimeira.

O avião que ele pilotava estava sendo monitorado pela Força Aérea Brasileira (Fab) e pela Polícia Federal (PF). As prisões e apreensão da droga, avaliada em R$ 11,1 milhões, ainda contou com apoio do Centro de Operações Aéreas (Ciopaer), do Grupo Especial de Segurança da Fronteira (Gefron) e da Polícia Civil de Mato Grosso.

Conforme apurado, apesar do ‘parentesco’, Paquito não tinha proximidade com o sogro, porque Brunetra seria contra o relacionamento da filha.

Paquito também era influente – inclusive por fazer o transporte de vários políticos.

Ele chegou a receber uma moção de aplausos na Assembleia Legislativa de Mato Grosso por ter ‘controlado’ e pousado uma aeronave que transportava deputados petistas no ano de 2017.

Após receber voz de prisão, Paquito foi encaminhado para a delegacia de Polícia Federal da cidade de Cáceres.

 

 

Fonte: RepórterMT


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-