Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Prefeito de Peixoto de Azevedo decreta calamidade pública em decorrência da Covid


10
Esta postagem foi publicada em 12 de fevereiro de 2021 Notícias, Política.

O prefeito Maurício Ferreira de Souza (PSD) baixou decreto declarando estado de calamidade pública em Peixoto de Azevedo (197 quilômetros de Sinop) em decorrência da pandemia. A situação tem vigência até 31 de julho, podendo ser prorrogada em caso de necessidade.

De acordo com o documento, que foi publicado no Diário Oficial dos Municípios, o executivo também solicitará à Assembleia Legislativa que reconheça o estado de calamidade.

Durante a vigência da situação, fica autorizada a prorrogação dos prazos para cumprimento de obrigações perante o município, cabendo ao executivo a definição de novos limites, bem como a formalização dos mesmos.

Além disso, as autoridades competentes, sob a coordenação do prefeito, ficam autorizadas a adotar as medidas necessárias à prevenção e ao combate à situação, como, por exemplo edição de novos atos normativos, dentre outros.

Desde o início da pandemia, Peixoto registrou 1.897 casos da doença, sendo que destes, 1.793 já estão recuperados, 50 estão em isolamento domiciliar e três internados em enfermarias. Outras 51 pessoas não resistiram e morreram.

No último dia 10 a Assembleia aprovou estado de calamidade pública em Guarantã no Norte, Curvelândia, Pontes e Lacerda, Rondolândia e Nova Lacerda. Todos já haviam decretado calamidade em 2020.

Conforme, Mato Grosso chegou a 5.401 óbitos, em decorrência do Coronavírus. Segundo dados da secretaria estadual de Saúde, foram registradas mais 19 vítimas da doença (na quarta-feira, foram registrados 27 casos). Também foram notificadas 1.194 novas confirmações, chegando a 229.312 casos da Covid-19. Desses. 7.369 estão em isolamento domiciliar e 215.571 estão recuperados.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Só Notícias


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-

DIA DAS MÃES