Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Primeira-dama de MT que está com Covid-19 pela 2ª vez é internada em SP após comprometimento dos pulmões


03
Esta postagem foi publicada em 11 de fevereiro de 2021 Notícias, Política.

A primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, está internada em um hospital particular de São Paulo após testar positivo para o coronavírus pela segunda vez. O anúncio foi feito pelo governo de Mato Grosso nessa quarta-feira (10).

De acordo com o governo, ela apresentou comprometimento dos pulmões e foi internada em um hospital particular para o tratamento necessário.

O governador Mauro Mendes (DEM) está acompanhando o quadro da primeira-dama.

Ainda na quarta-feira, Virgínia fez uma postagem e contou como está sendo enfrentar a doença novamente.

“Minha recuperação tem sido mais difícil do que na primeira vez. Tenho sentido muita falta ar, é uma situação desesperadora e angustiante”, declarou.

A filha caçula do casal, Maria Luíza, e a colaboradora da família, Maria Vitória, também testaram positivo para o coronavírus.

Virgínia Mendes faz parte do grupo de risco por ser transplantada renal. Ela apresentou os sintomas da doença, diferente da primeira contaminação.

“Quero lembrar a todos sobre a importância de continuar mantendo as medidas de segurança contra a Codiv-19. As vacinas têm chegado, mas até que todos estejamos vacinados, por favor, é muito importante que a gente continue usando máscara e se cuidando”, alertou.

Ela agradeceu as mensagens de apoio que recebeu e pediu para que as pessoas continuem as medidas de segurança.

Casos na família

 

A primeira-dama Virginia Mendes testou positivo para Covid-19 em setembro de 2020. Em junho, o governador Mauro Mendes (DEM), também foi diagnosticado com o coronavírus e ficou em isolamento domiciliar.

A mãe da primeira-dama de Mato Grosso, Euridice Gomes da Silva, de 78 anos, recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no dia 28 de janeiro após ficar 7 meses internada devido à Covid-19.

Euridice Gomes da Silva seguirá sendo monitorada em um apartamento na unidade hospitalar até receber alta médica.

Fonte: G1 MT


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-

DIA DAS MÃES