Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

PSDB quer ampliar bancada na AL e estuda Lafin para o Governo


9d97e5ec6589d7889c5b78f74edd838c
Esta postagem foi publicada em 8 de junho de 2021 Destaque Slide Topo, Notícias.

Com o objetivo de amplia a bancada de deputados em 2022, o PSDB em Mato Grosso deu início às estratégias para fortalecimento do partido. A sigla está trabalhando nomes que devem ser lançados na disputa por mais cadeiras no Legislativo e cogitando, até mesmo, ter um candidato ao Governo do Estado.

A principal aposta dos tucanos para o Palácio Paiaguás é o prefeito de Sorriso, Ari Lafin, recém-reeleito no Município com 73% dos votos.

Na Assembleia Legislativa, a meta é dobrar o número de cadeiras ocupadas pela legenda atualmente, que só conta com os deputados Wilson Santos e Carlos Avallone – este último, presidente estadual do partido.

Na Câmara Federal, o objetivo é eleger dois nomes do ninho tucano, que hoje está sem representante.

O partido entende que ele é um cara preparado para disputar o Governo do Estado e já está colocando o nome dele [para a disputa] há alguns dias

De acordo com o presidente, o foco agora é montar as chapas proporcionais, que deverão contar com 48 candidatos a deputados estaduais e 16 pretendentes a deputados federais, e uma reunião é feita a cada 15 dias para discutir os possíveis nomes a serem lançados.

“As chapas proporcionais são fundamentais para que a gente possa sonhar com chapas majoritárias. Não tem como você criar uma chapa majoritária se você não tem chapas proporcionais estruturadas”, afirmou.

Entre os nomes estudados pelo partido para a disputa estão o ex-deputado federal Nilson Leitão; a ex-prefeita de Chapada dos Guimarães, Thelma de Oliveira; o ex-presidente da Famato, Rui Prado; o ex-prefeito de Jaciara Abdo Mohammad; o vice-prefeito de Nova Olímpia, Rímer de Oliveira, entre outros.

Majoritárias

Para o Senado, os tucanos apostam no nome do ex-prefeito de Cáceres, Francis Maris. Já para o Governo do Estado, o partido ainda estuda os passos futuros, uma vez que se encontra na base do governador Mauro Mendes (DEM), que deve sair à reeleição.

Caso decida romper a aliança, o partido trabalha o nome do prefeito Ari Lafin.

“Ele tem uma pegada boa, é um cara moderno na política, então, o partido entende que ele é um cara preparado para disputar o Governo do Estado e já está colocando o nome dele [para a disputa] há alguns dias”, afirmou.

“Mas isso [ter ou não candidato próprio] tem que ser uma discussão interna do partido no momento adequado”, completou.

 

 

Fonte: Mídia News


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-