Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Se o governo acabasse hoje, já teria uma certa sensação de dever cumprido, diz governador ao inaugurar escolas


04
Esta postagem foi publicada em 11 de maio de 2021 Destaque 1, Notícias.

O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou, nesta segunda-feira (10), que se seu governo acabasse hoje, ele estaria com a sensação de dever cumprido. Nesta manhã, ele inaugurou a nova escola Mário de Castro, no Pedra 90, e também entregou a reforma geral da escola Hermelinda de Figueiredo, no Coophema.

 

“Se o governo acabasse hoje, não vai acabar, estamos a pouco mais da metade do mandato, eu já teria uma cerca sensação de dever cumprido. Porque muito mais do que fazer, é importante quando você percebe que você está mudando o modo como as coisas são feitas. Porque essa é a grande conquista. Fazer é importante, mas mudar o rumo como as coisas são feitas”, afirmou Mauro durante a segunda entrega.

 

De acordo com Mauro, a nova escola do Pedra 90 tem qualidade igual a dos colégios privados da capital. As obras ali foram retomadas em 2019, na atual gestão. Foram investidos R$ 7,8 milhões em recursos próprios do Estado.

 

A Escola Dr. Mário de Castro tem 1.700 alunos matriculados. São 17 salas de aula, laboratórios de física e química, sala do Profissão 4.0, sala de professores, sala de reuniões, secretaria, coordenação e diretoria.

O prédio ainda possui uma ampla cozinha, refeitório e uma quadra poliesportiva de modelo referência, com vestiários feminino e masculino. Também participaram do evento: o senador Jayme Campos; a deputada federal Rosa Neide; os deputados estaduais Allan Kardec, Elizeu Nascimento, Wilson Santos e Paulo Araújo; o presidente da Fiemt, Gustavo Oliveira; os secretários de Estado Alan Porto (Educação) e César Miranda (Desenvolvimento Econômico); além de vereadores e líderes comunitários.

 

Na entrega da reforma no Coophema, o governador afirmou que as ações na educação têm sido satisfatórias. “ Na educação de Mato Grosso é um exemplo, porque só agora, semana passada eu estive em Sinop e eu vi a alegria da diretora, os olhinhos dela brilhavam quando ela me mostrava a escola. E ela me falava, nem em sonho, governador, eu sonhei que ia dar aula numa escola dessa. E ela mostrava, mostrava, e contava da escola, que começou a ser construída em 2013, e era mais uma das obras que a gente tinha paradas, e nós reiniciamos e entregamos”, afirmou.

 
 
Fonte: Olhar Direto 

WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-