Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

SEBRAE destaca Guarantã do Norte em compras de produtos da agricultura familiar


Esta postagem foi publicada em 22 de maio de 2020 Destaque 1, Notícias.

Em Guarantã do Norte, poder público e sociedade mostram que é possível, mesmo em tempo de pandemia, promover o desenvolvimento local e contribuir para a saúde e o bem estar. Localizado a 709 km de Cuiabá, é um dos poucos no Estado as comprar da agricultura familiar também para o setor de saúde.

O município integra o programa Cidade Empreendedora e Sustentável, em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Mato Grosso (Sebrae/MT), cujo foco é incrementar o desenvolvimento local através da adoção de inúmeras práticas, entre elas as compras governamentais.

Além de representar uma renda a mais para os pequenos produtores rurais, a medida amplia a oferta de alimentos frescos para pacientes e funcionários do Hospital Municipal Nossa Senhora do Rosário de Guarantã do Norte.

Desde o dia 18 de fevereiro, nove agricultores familiares abastecem o hospital com os seguintes gêneros alimentícios: abacaxi, abobrinha, alface, almeirão, banana-maçã, banana-nanica, batata-doce, laranja, limão, quiabo, vagem, mandioca, couve, melancia, mamão, tomate, cheiro verde, açafrão, além de pão caseiro, bolacha caseira.

A nutricionista do hospital Municipal de Guarantã do Norte, Jackqueline Mioto Knopf, reforça que para os pacientes é muito bom porque recebem uma variedade maior de grupos alimentares e têm uma dieta com um valor nutricional melhor.

Ela destaca a ótima qualidade dos produtos e o fato de estarem sempre frescos. “Não temos queixa das entregas, os produtos chegam certinho. A gente manda uma lista do que vai precisar e todas as semanas eles entregam no hospital”. Aponta ainda a economia de recursos porque os preços da chamada pública são acessíveis. “Vale muito a pena esse investimento. Além de ajudar o produtor e a economia local, a gente também recebe produtos de qualidade”, reforça.

O consultor do Sebrae, Luis Pivovar, que atende o município com consultoria em compras públicas, reforça o quanto a iniciativa é positiva para girar a roda da economia local. “Os produtores da agricultura familiar obtiveram mais um canal de comercialização, pois antes seus produtos eram comercializados na feira do produtor e para a alimentação escolar. Agora já vendem para o hospital e estão iniciando a comercialização para a assistência social”, comemora.

Os produtores também festejam a existência de mais um canal de comercialização. Neusa Hohnsee Brunner, 51 anos, entrega semanalmente ao hospital, abobrinha, quiabo, vagem, pão e bolacha caseiros. Vende também para escolas e creches, além das feiras. Para ela, é uma renda a mais e ajuda muito.

Mesmo vendendo para a merenda escolar do município há 12 anos e sendo fornecedor de mercados locais e de Matupá, Peixoto de Azevedo, Terra Nova

do Norte, Vagner Aparecido Spriafico, 36 anos, também valoriza a compra pública para o hospital municipal. Estão entregando alface, almeirão, couve e mamão e nos próximos meses vão acrescentar melancia e tomate.

Ele conta que tem dois sócios e que trabalham em família somando oito pessoas, entre irmãos, mães, mulheres, filhos. Na propriedade contam com 12 barracões para produção hidropônica e mais quatro no sistema tradicional. Produzem, sobretudo, folhosas.

As compras públicas da agricultura familiar para o hospital Município de Guarantã do Norte são um reforço para promover o desenvolvimento local e fazer a inclusão social e econômica do homem.

 

 

Fonte: Assessoria Sebrae


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-