Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Secretaria de Saúde vacina idosos em domicílio para evitar aglomerações em Nova Ubiratã


phpThumb
Esta postagem foi publicada em 2 de abril de 2020 Notícias, Política.

Iniciada em 23 de março, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza já imunizou 163 idosos e outros 87 profissionais da área da saúde, em Nova Ubiratã. Até o momento, o município já recebeu 470 doses da vacina.

 

Neste ano, o Ministério da Saúde antecipou o início da campanha para proteger o público considerado de risco contra o vírus mais comum da gripe. É importante salientar que a vacina contra influenza não tem nenhuma eficácia comprovada contra o coronavírus (Covid-19).

 

Para evitar aglomeração de pessoas a secretaria de Saúde, através do setor de Vigilância Epidemiológica, implantou um sistema de vacinação a domicílio.

 

Além dos idosos acima de 60 anos, também serão imunizados os profissionais da área da saúde, homens e mulheres que atuam na linha de frente do combate às doenças.

 

Para auxiliar na identificação dos pacientes do grupo de risco, a secretaria de Saúde sugeriu que os moradores fixem panos brancos nos imóveis ocupados por pessoas com idade igual e/ou superior a 60 anos.

 

“Em virtude da pandemia, grande parte dos idosos tem permanecido em isolamento social. Diante disso, tivemos a ideia de solicitar que os moradores identificassem os imóveis o que pra nossa surpresa foi feito imediatamente”, relembra Silvio André Stolfo – secretário municipal de Saúde.

 

Apesar do esforço dos profissionais, o secretário reconhece que a medida pode atrasar o período de vacinação.

 

“Gostaria de tranquilizar a todos e reforçar que redobramos os nossos esforços para vacinar o grupo de risco no menor espaço de tempo possível, mas para isso é importante que os idosos permaneçam em suas residências e recebam as equipes de vacinadores”, complementa.

 

A primeira fase da campanha segue até o dia 15 de abril, e a vacinação está sendo realizada conforme o recebimento das doses pelo Ministério da Saúde.  

 

Transmissão da Influenza

Ocorre principalmente através do contato com partículas eliminadas por pessoas infectadas ou mãos e objetos contaminados por secreções. Se torna elevada em ambiente domiciliar, creches, escolas e em lugares fechados.

 

A vacinação é uma estratégia de prevenção da gripe H1N1. Ela é capaz de promover imunidade durante o período de maior circulação dos vírus influenza reduzindo o risco de formas graves da doença. No geral, a detecção de anticorpos protetores se dá entre duas a três semanas após a vacinação e, em média, confere proteção de seis a doze meses, sendo que o pico máximo de anticorpos ocorre após quatro a seis semanas da vacinação.

 

Prevenção

• evitar manter contato muito próximo com uma pessoa que esteja infectada;

• lavar sempre as mãos com água e sabão e evitar levar as mãos ao rosto e, principalmente, à boca;

• sempre que possível, ter um frasco com álcool-gel para garantir que as mãos sempre estejam esterilizadas;

• manter hábitos saudáveis, alimentar-se bem e beber bastante água;

• não compartilhar utensílios de uso pessoal, como toalhas, copos, talheres e travesseiros;

• caso haja indicação, utilizar uma máscara para proteger-se de gotículas infectadas que possam estar no ar;

• evitar frequentar locais fechados ou com muitas pessoas.

 

 

 

Fonte: Assessoria


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-