Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Secretário de Saúde compara lotação de bares e defende retorno de público aos estádios


01
Esta postagem foi publicada em 22 de julho de 2021 Destaque Slide Topo, Notícias.

O secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, afirmou ser favorável ao retorno do público nos estádios de futebol, mesmo neste momento de pandemia da covid-19. A possibilidade passou a ser especulada com a aprovação de um projeto de lei na Assembleia Legislativa no início da semana.

 

Em sua avaliação, com a limitação do público nos estádios a até 35% de sua capacidade, conforme determina a proposta, ainda seria possível o cumprimento de medidas de biossegurança nas arenas, como o distanciamento social.

 

“Eu fico perguntando, os bares lotados, restaurantes lotados, shoppings lotados… Num estádio grande, com um terço da sua capacidade, praticamente vai dar para ficar 10 metros de distância cada um. Então eu sou a favor, desde que a entrada seja para espectadores que estejam com comprovante de que já tenham sido vacinados”, comentou o gestor, em entrevista de imprensa nessa quarta-feira (21).

 

O retorno de público aos estádios teria sido uma sugestão do governador Mauro Mendes (DEM) aos deputados estaduais Eduardo Botelho (DEM) e Max Russi (PSB), que garantiram a aprovação do projeto junto aos colegas de parlamento. A expectativa é que Mauro sancione a lei tão logo o projeto seja enviada.

 

A proposta determina que o retorno do público está condicionado à apresentação de exame RT-PCR negativo e ao comprovante de vacinação com as duas doses ou dose única, dependendo do imunizante recebido.

 

Ainda, que o público não poderá exercer 35% da capacidade dos estádios. Dessa forma, na Arena Pantanal, por exemplo, que tem capacidade para 41,1 mil torcedores, o número máximo permitido nos jogos deve ser de 14.390 pessoas.

 

 

Fonte: Conexão Poder


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-