Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Secretário de Saúde diz que deixou sonho de ser prefeito de Cuiabá de lado para cuidar da população


02
Esta postagem foi publicada em 24 de agosto de 2020 Notícias, Política.

O secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo (DEM), comentou que por uma escolha pelo coletivo ele deixou um sonho de ser prefeito de Cuiabá de lado para lutar junto com o governador Mauro Mendes (DEM) contra a pandemia do coronavírus.

Segundo ele, foi necessário fazer uma opção no momento. E por conta disso ele abriu mão da vontade pessoal para trabalhar em todos os mato-grossenses. No entendimento de Gilberto, existirá outras oportunidades.

“Eu tive que fazer uma opção. Abri mão de um sonho, uma vontade pessoal que eu tinha de administrar nossa capital, para trabalhar em uma pandemia. Temos que reconhecer que poderíamos até ter planos, mas no meio do caminho tinha a pandemia. Eu estava a frente desse trabalho e não podia abandonar uma equipe valorosa para simplesmente tocar um projeto que era individual. Eu fiz uma opção, eu escolhi a população e isso faz com que eu fique fora do pleito”, disse o secretário. .

Gilberto ainda citou que talvez a escolha que ele fez no momento foi a certa e ele atribui todo e qualquer plano a Deus. “Por um lado pode ser ruim, mas pelo lado bom é extremamente vantajosa por saber que estou fazendo algo em benefício do coletivo. Deus sempre escolhe o que é melhor para mim. Talvez o caminho da Prefeitura de Cuiabá não fosse o melhor caminho, mas outros dias virão e outras oportunidades terei”, comentou.

Sobre quem será o candidato em Cuiabá, Figueiredo disse que quem está mais preparado no momento é o presidente do partido, suplente de senador Fábio Garcia. Segundo Gilberto, Fabinho, como é o conhecido, deve ser anunciado pela cúpula já nos próximos dias.

“O DEM terá candidatura própria. O melhor candidato a se apresentar é o presidente Fábio Garcia. O anúncio deve ocorrer em breve e com o nome de Fabinho, que está preparado e será apoiado. Além dele, no estado teremos outros 80 nomes. Por isso o DEM será protagonista nessa eleição”, concluiu o secretário.

 

 

 

 

Fonte: Olhar Direto


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-