Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Segurança de banco se sente caluniado e faz BO na PM: “espalhou vírus na cidade”


2bc841447ffa5b22e4239769a4942eee
Esta postagem foi publicada em 2 de maio de 2020 Destaque Slide Topo, Notícias.

segurança de uma agência do Banco do Brasil, em Peixoto de Azevedo (a 692 km de Cuiabá), Douglas Silva Barreto, de 47 anos, registrou ontem (1) um boletim de ocorrência na Polícia Militar, alegando que tem sido vítima de calúnia após testar positivo para Covid-19.

De acordo com ele, pessoas têm espalhado informações falsas através de textos e fotos, chegando a usar, até mesmo foto de seus familiares. A fofoca, segundo ele, é que não está respeitando quarentena e colocando todos em risco, espalhando vírus na cidade. “Não é verdade, estou dentro de casa”. As acusações estariam sendo feitas em redes sociais, como Whatsapp e Facebook.

Consta no BO que alguns dos textos chegam a ser ofensivos à reputação dele, já que o acusam de ter espalhado a doença no município. No entanto, Douglas ressaltou aos policiais que ele e a famíla estão cumprindo isolamento domiciliar. Ele pretende acionar na Justiça aqueles que continuarem espalhando as acusações na internet.

Dougla mora com o irmão, que também já testou positivo, a esposa, que fez o teste e aguarda resultado, e a enteada de 7 anos. Todos estão com sintomas parecidos: tossi, febre muito alta e garganta inflamada. Não chegaram a sentir falta de ar. Exceto a menina, que é assintomática, e ainda não se sabe se também vai fazer o teste. Pelo último boletim epidemiológico do Estado, Peixoto tem somente um caso confirmado.

No dia 23 dia de abril, se sentindo mal, o segurança foi procurar médico. Depois fez o exame, deu positivo e foi recomendado a fazer quarentena. Antes disso, segundo ele, ia de casa para a agência bancária, usando máscara. Não faz a menor ideia sobre de quem contraiu o vírus.

 

 

 

Fonte: RD News


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-