Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Senado convida Mauro Mendes para expor panorama e impactos da pandemia


02
Esta postagem foi publicada em 24 de junho de 2020 Destaque Slide Topo, Notícias.

A comissão mista que acompanha as ações do governo federal no enfrentamento à covid-19 vai ouvir, nesta quinta-feira (25), os governadores representantes dos consórcios regionais. O governador Mauro Mendes (DEM) foi um dos convidados por ser presidente Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central.

Também foram chamados os governadores do Amapá, Waldez Góes (Consórcio Interestadual da Amazônia Brasileira); da Bahia, Rui Costa (Consórcio do Nordeste); e de Minas Gerais, Romeu Zema (Consórcio de Integração Sul e Sudeste). A audiência será por videoconferência.

O Senado informou que os gestores devem apresentar um panorama geral dos impactos da pandemia nas suas regiões, os efeitos das medidas adotadas e as dificuldades encontradas por estados e municípios no enfrentamento da crise sanitária. Os governadores devem expor também as estratégias, no âmbito de cada consórcio, já adotadas ou que ainda serão executadas para o período de flexibilização das regras de isolamento social.

Os consórcios regionais começaram a ser criados a partir de 2015 com o objetivo de enfrentar as dificuldades financeiras do período, quando a maioria dos estados enfrentava situação de calamidade fiscal. É no âmbito dos consórcios regionais que governadores unem forças para aumentar o poder de negociação junto ao governo federal, pleiteiam redução de preços de fornecedores e se mobilizam para melhor gerir temas de interesse comum — como infraestrutura e logística.

Durante a crise em causada pelo novo coronavírus, a atuação dos estados por meio dos consórcios tem buscado soluções conjuntas para minimizar os impactos econômicos e sociais provocados pela pandemia.

A comissão mista é presidida pelo senador Confúcio Moura (MDB-RO) e tem a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) como vice-presidente.

 

 

 

 

 

Fonte: Só Notícias


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



-