Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Sinop: multas para bares e narguiles que desrespeitam decreto passam R$ 33 mil; alvarás podem ser cassados 08/06/2020 15:10


01
Esta postagem foi publicada em 8 de junho de 2020 Destaque Slide Topo, Notícias.

A prefeitura de Sinop divulgou, há pouco, um balaço das ações de fiscalização da Vigilância Sanitária, Procon, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros que estão sendo feitas em bares e narguilés, dentre outras empresas, localizadas na região central e nos bairros. De quinta-feira até ontem, 37 estabelecimentos foram visitados e 12 receberam multas de até R$2,8 mil cada por estarem descumprindo as medidas de prevenção dos riscos de disseminação do novo Coronavírus previstas código sanitário e no decreto municipal.

De acordo com a equipe de fiscalização, todos os estabelecimentos multados são reincidentes. Todos foram visitados anteriormente e notificados para que se adequassem em relação à aglomeração de pessoas, distanciamento de mesas, uso de máscara facial, limite de horário, entre outros.

Há casos de reincidentes que continuam desrespeitando o decreto e podem ter seus alvarás de funcionamento cassados e ficarem proibidos de funcionar.

A operação de fiscalização nos bares do município seguirá e trabalhará em consonância com outras determinações passadas pela prefeita Rosana Martinelli, também prevista em decreto, como é o caso da suspensão dos serviços de delivery entre meia noite e 5h.

As medidas restritivas para o setor de bares, restaurantes, lanchonetes e conveniência foram publicadas em novo decreto na última quinta-feira. A medida é temporária e prevê a suspensão de qualquer atividade da meia noite às 5h. Ainda de acordo com a gestora, a aplicação dessas medidas, em sua rigidez, são necessárias para que não seja decretado lockdown (fechamento total) no município.

Outras medidas para frear a disseminação do coronavírus também estão sendo tomadas. Nas segundas, quartas e sextas-feiras, os locais de grande circulação de pessoas estão passando por desinfecção. São avenidas, bancos, prédios públicos, por exemplo.

 

 

 

Fonte: Só Notícias


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



-