Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Sinop, Sorriso, Lucas, Mutum e mais 14 receberão 26.371 doses de vacinas contra Covid, define comissão


01
Esta postagem foi publicada em 6 de julho de 2021 Destaque Slide Topo, Notícias.

A Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso definiu, ontem à noite, que mais 26.371 doses das vacinas Astrazeneca, Pfizer e Janssen serão encaminhadas para regional Teles Pires, no qual fazem parte os municípios de Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Cláudia, Feliz Natal, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Itáuba, Marcelândia, Nova Santa Helena, Nova Ubiratã, Santa Carmen, Santa Rita do Trivelato, Trapurah, União do Sul e Vera.

Consta no detalhamento que serão 8.112 doses da Astrazeneca, 4.595 da Pfizer e 13.610 da Janssen.  Conforme a resolução, a vacina da Pfizer deve ser aplicada como primeira dose em lactantes de bebês de até 1 ano de idade completos, trabalhadores da indústria e em pessoas entre 55 e 59 anos. Para as doses da Astrazeneca, a recomendação da CIB é de que sejam aplicadas como segunda dose em pessoas com comorbidades ou deficiência permanente grave.

De acordo com a Resolução Nº 70, serão vacinadas com as doses da Janssen pessoas em situação de rua, trabalhadores de transporte metroviário e ferroviário, trabalhadores de transporte aquaviário, caminhoneiros e pessoas de 55 a 59 anos

Para a vacina AstraZeneca, o prazo de aplicação da segunda dose é de até 90 dias. Já o prazo da segunda dose da Pfizer é de até 12 semanas. O imunizante Janssen é de aplicação única.

Completado o grupo de lactantes e caso o município ainda disponha de doses destinadas para este público, a Resolução Nº 69 informa que os imunizantes poderão ser destinados para a vacinação das lactantes de crianças de 1 ano e um dia de idade até 2 anos completos.

O colegiado pontuou na Resolução Nº 70 que os municípios que já completaram a vacinação das pessoas de 55 a 59 anos devem seguir para a próxima faixa etária (ano a ano) em ordem decrescente de prioridade.

Foi pactuado o armazenamento de 55 doses da Astrazeneca na Rede de Frio Estadual, como novo estoque estratégico para reposição de eventuais perdas técnicas. Também foi acordada a distribuição de um remanescente de seis doses da Pfizer e 80 doses da Janssen que estavam armazenadas na Rede de Frio Estadual como estoque estratégico.

A pactuação estabelece também que os imunizantes da Astrazeneca, correspondentes à segunda dose, ficarão armazenados na Rede de Frio Estadual e entregues em data mais próxima do prazo para a segunda aplicação.

Caso os municípios alcancem a completa vacinação dos públicos-alvo estabelecidos para a imunização, a CIB orienta a continuidade da imunização dos demais públicos elencados pelo Ministério da Saúde.

 

 

Fonte: Só Noticias


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-