Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed

Facebook

Tentativa de roubo em posto de combustível termina com um bandido baleado em VG


08
Esta postagem foi publicada em 5 de maio de 2021 Notícias, Política.

Um criminoso – identidade não divulgada – foi baleado após efetuarem o roubo de um posto de combustível na noite de terça-feira (04), no bairro Nova Esperança, em Várzea Grande. Na ocasião, um dos comparsas foi preso e outro fugiu.

O roubo aconteceu por volta das 19h, no posto Amazônia.

De acordo com o boletim de ocorrência, uma equipe do Batalhão Ambiental da Polícia Militar estava passando na rodovia Mário Andreaza, quando se deparou com o veículo Fiat Mobi onde estavam os suspeitos, na contramão da pista.

Mais a frente, as vítimas no estabelecimento gritando por socorro e apontando o carro. Diante da situação, os militares deram início a perseguição dos criminosos.

Em determinado momento da fuga, o condutor do Mobi perdeu o controle da direção e rodou na pista. Em seguida, desceu o condutor e um dos passageiros com armas de fogo em punho e apontadas na direção dos policiais.

Ordens de rendição foram emanadas pelos militares, mas a dupla se recusou a obedecer, sendo necessário a realização de um disparo. Os bandidos então saíram correndo em direção ao matagal.

O terceiro envolvido de 22 anos, permaneceu no veículo e se rendeu. Em conversa com o criminoso, este confessou o crime e ainda afirmou que há meses vinha cometendo diversos roubos a estabelecimentos comerciais na cidade.

O segundo comparsa surge do matagal com as mãos para o alto e afirmando ter sido atingido pelo tiro. Ao ser constatado o ferimento, o Serviço de Atendimento Médico Móvel de Urgência (Samu) foi acionado.

Ele foi encaminhado ao Pronto-Socorro, o atual estado de saúde dele não foi informado. Já o terceiro envolvido no roubo conseguiu escapar.

Com apoio de equipes do 4° Batalhão a PM chegou a realizar buscas no matagal, mas o bandido não foi encontrado.

O criminoso preso foi encaminhado para a Central de Flagrantes. A Polícia Civil deverá apurar o caso.

 

 

Fonte: Gazeta MT 


WhatsApp

Nenhum banner para exibir



Nenhum banner para exibir

Nenhum banner para exibir

-